O último dia em Punta del Este

Nosso último dia em Punta del Este, começou depois do almoço… Como o dia anterior foi bem intenso, e já tínhamos visitado praticamente todos os pontos do nosso roteiro, deixamos o último dia bem mais ligth! Rsss…
Começamos com uma caminhada pela Península, na Av. Gorlero e arredores, que tem as lojas mais  chiques e “cool” de Punta, além de alguns “outlets”. O estilo da avenida remete à famosa Ocean Drive, em Miami:

Existem cinco coisinhas que você não pode deixar de experimentar por lá: Chivito (um X-tudo deles), o Clericot (Bebida típica à base de vinho branco e frutas), churros de doce de leite, doce de leite La Pataia e o Alfajor (o Negro na minha opinião é o melhor!!!).
Como se tratava do último dia em Punta, e não tínhamos experimentado muito coisa, escolhemos o famoso restaurante La Pasiva, que foi eleito pela VT como o melhor Chivito. Ele fica bem na Av. Gorlero, e como a maioria dos lugares, tem o ambiente climatizado: 

Como o Chivito é um X-tudo uruguaio, enorme e bem suculento. Pedimos apenas um, e ficamos plenamente satisfeitos (265 Pesos Uruguaios, em torno de R$ 26,50)

Ainda no Hotel, a recepcionista tinha me falado para não deixar de visitar a La Coruñesa, uma confeitaria muito conhecida de lá, famosa pela qualidade de seus doces, com ótima localização, ainda na Av. Gorlero.

Fiquei completamente perdida neste lugar!

Masas (23 Pesos Uruguaios a unidade)
Rogel (130 Pesos Uruguaios a unidade). É uma torta a base de doce de leite.

Depois de cometer um crime capital, fomos passear pelas lojas. Mas sinceramente, não achei nada com um preço justo que fosse vantajoso comprar. O outlet possui peças mais baratas que o Brasil, mas nem tanto (diferenças mínimas)… e as lojas famosas, como Louis Vuitton, Fendi, Tommy Hilfiger… preços normais! Sem qualquer desconto. 
Outlet American Store, localizada na Calle 18 c/ Calle 29.

Aproveitamos para comprar os doces de leite e alfajores nos próprios mercadinhos da Av. Gorlero. É importante visitar mais de uma loja, pois os preços variam muito.

Compramos o Alfajor Portezuelo também, mas gostamos mais do Negro (tem os alfajores caseiros também, que são sempre bem novinhos nos mercados).

Lembrando que o doce de leite, assim como outros produtos de origem animal e vegetal não são permitidos a entrada no Brasil. Então, infelizmente os fiscais verificaram que continha potes na minha mala, e pediram para retirá-los. E o pior de tudo: foram destruídos na nossa frente! Fazer o quê, né? Regra é regra! 
Finalizamos nossa passagem por Punta del Este na lanchonete REX, um lugar fofo, com ambiente Retrô, e localizado na La Barra.

Clericot (bebida à base de vinho branco e frutas)

Recomendadíssimo!!!!!!!!!!!
Bom, minhas dicas, vivências e experiências em Punta del Este terminam por aqui. Espero que os relatos sejam úteis para quem deseja visitar o balneário.
De lá, seguimos para Montevidéu, que comentarei no próximo post.
Até lá!

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

6 thoughts on “O último dia em Punta del Este

  • 19 de maio de 2012 em 00:08
    Permalink

    Este dia em Punta é exatamente o meu conceito atual de como deve ser uma viagem: sem roteiro mega para cumprir e curtindo a cidade, visitando lugares bacanérrimos. Amei este dia, para mim, foi o melhor da viagem.

    Resposta
    • 19 de maio de 2012 em 13:28
      Permalink

      Kate, na verdade, eu acho que o roteiro tem que ser feito sim… Não dá para sair sem rumo em todos os dias de uma viagem. Mas também seu roteiro não pode ser tão engessado e programado a ponto de não se darem uma folguinha, e andar só curtindo..
      Temos sempre feito isso: roteiro dos pontos principais e que nos agrade (mas acaba que o final do dia é sempre livre), e depois um dia sem roteiro…

      Resposta
  • 17 de maio de 2012 em 17:38
    Permalink

    Muito cool esta cidade!

    Suas fotos são sempre ótimas, um verdadeiro guia turístico,

    Parabéns!

    Resposta
  • 17 de maio de 2012 em 12:10
    Permalink

    Que vida é essa, menina. Adorei as imagens e as informações. Seu blog é quase como um guia de sobrevivência para os que ainda tiveram a oportunidade de arrumar as malas. =) Boa estada em todos esses locais maravilhosos..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »