Curtindo Toronto

Toronto é a capital da Província Ontário, maior cidade do Canadá, e também Capital financeira do país. Está em constante mudança e progresso. Vimos inúmeras construções circulando a cidade. É tão preparada para os invernos rigorosos do Canadá, que possui a famosa Cidade Subterrânea, que se trata de um aconchegante refúgio nos dias de muito frio. Possui a terceira maior torre do mundo, que foi considerado uma das sete maravilhas do mundo em 1995, além de possuir dois idiomas oficiais, o Inglês e o Francês. Conheça um pouco desta cidade multicultural.

Quando ir?
Toronto possui Clima Continental Úmido, com verões quentes e úmidos, e invernos rigorosos! Se você não curte passar por frios dolorosos, fuja de lá na época do inverno. Mas só para se ter ideia, fomos em abril, que já era começo da primavera. O frio ainda estava forte, inclusive, nevou muito em um dia. Acredito que para quem deseja conhecer a cidade, longe dos invernos rigorosos, um bom período é junho a agosto.

Quanto tempo ficar?

Acredito que 4 a 5 cinco dias são suficientes para conhecer Toronto. Contando um dia para ir em Niagara Falls.

Moeda:

Dólares Canadenses, o CAD, que tem uma diferença pequena para o Dólar Americano (para mais).

Idioma:

O Inglês e o Francês são utilizados. Parece que quando você inicia um diálogo com um morador de lá, ele simplesmente aperta um botão com o idioma inglês ou francês. Como não falamos francês, o inglês foi utilizado normalmente.

Onde se hospedar?

Você pode levar dois pontos em consideração. Se estiver de carro até que não tem problema ficar hospedado mais distante, só que conte com valores absurdos para estacionamento. Mas se não estiver de carro, melhor que seja na área central.

Nossa indicação é no Quality Hotel & Suites Aiport East (2180 Islington Ave, Toronto), acesse o site aqui. Diárias em torno de 100 CAD, com estacionamento e wi-fi gratuitos para hóspedes.

Obs: confira sempre o horário do Check in e Check out, os horários são meio diferentes dos que estamos acostumados. Tanto nos Estados Unidos quanto no Canadá, tivemos horários extremamente diferentes para entrada e saída do hotel, e isso muda muita coisa!

O que fazer?

Como qualquer cidade grande, Toronto tem uma infinidade e coisas para fazer. Escolhemos algumas delas, de acordo com nossos interesses, e compartilhamos aqui:

Casa Loma 
Qualidade do programa: Ótimo

A Casa Loma é um Castelo aberto ao público, que foi a residência de Sir Henry Pellat, que decidiu construir uma belíssima casa para viver com sua esposa. A construção demorou cerca de 3 anos, e foram gastos mais de 3,5milhões de CAD, com arquitetura inigualável, aposentos lindamente mobiliados, passagens secretas, torres e um túnel de 244 até o estábulo. Entretanto, infelizmente depois da crise advinda com a I Guerra Mundial, além das investidas negativas que Sir Pellat realizou, inúmeras dívidas foram se acumulando, como o pagamento de impostos, o que ocasionou a perda de sua belíssima propriedade para o governo. Depois de se tornar atração turística, ficou ainda mais conhecida depois de ser cenário para alguns filmes como X-Men, Chicago, etc.

Vale a pena conhecer cada cantinho deste Castelo! Mas reserve pelo menos 2 horas para este passeio.

Endereço: 1 Austin Terrace, Toronto
Horário de Funcionamento: 09:30h às 17h.
Valor do ingresso: Em torno de 18 CAD
Site: http://casaloma.org
Obs: o local conta com estacionamento, em torno de 3CAD por hora.

Belíssimo Jardim de Inverno (maior que a nossa própria casa)

Vista da Torre para Toronto, em especial a CN Tower

– CN Tower
Qualidade do passeio: Ótimo

Foi caracterizada como uma das Sete Maravilhas do Mundo, em 1995, e é a grande paixão dos Canadenses! É uma torre com 553,33 metros de altura, e é considerada a torre mais alta do mundo ocidental. O ingresso pelo CityPass dá direito ao observatório LookOut, a 346 metros, e ao mundialmente conhecido Glass Floor, a 342 metros do solo. Para o observatório SkyPod, a 447 metros do solo, paga-se uma taxa extra em torno de 12CAD.

Sendo bem louco por aventura, você pode pagar um preço salgado, e caminhar em volta da torre, com cabos de segurança, no Edge Walk, o qual ficamos longe!

E ainda, tem o restaurante 360º, que você deve fazer a reserva previamente pelo site.

É um passeio imperdível, mas confesso que a altura me deixou bastante incomodada. É alto demais!

Endereço: 301 Front Street West. Toronto
Horário de Funcionamento: conferir no site.
Valor do Ingresso: 27,20CAD (Sem SkyPod), e 12CAD para SkyPod. Compre on line aqui.
Site: http://www.cntower.ca

Toronto Zoo
Qualidade do programa: Ótimo!

É o principal Zoológico do Canadá, com mais de 5mil animais em um espaço de mais de 10km. Ele é enorme e fica um pouco distante do centro de Toronto. No dia que tínhamos programado para visitá-lo, tivemos a surpresa agradável de estar nevando (em plena primavera!). Como já estava em cima da hora de ir embora, e não havia possibilidade de remanejar o dia, ou então perderíamos o ingresso e passeio, decidimos, mesmo com neve, ir ao Zoológico. E apesar de grande maioria das atrações estarem fechadas (e os bichos escondidos) foi um passeio maravilhoso! Não poderíamos imaginar paisagens tão belas, e ainda, a experiência de realizar atividades em um dia de neve. Mesmo assim, o passeio é muito bem recomendado.

Endereço: 361A Old Finch Avenue, Toronto.
Valor do ingresso: 28CAD
Estacionamento: 10CAD
Horário de funcionamento: conferir no site.
Site: http://torontozoo.com

Royal Ontario Museum
Qualidade do programa: Bom

Conhecido por ser o maior museu de cultura mundial e história do Canadá. A sua arquitetura exterior é impecável! Acho que gostei mais dela do que de seu interior. Mas vale a pena conferir a história dos primeiros habitantes do Canadá.

Endereço: 100 Queen´s Park, Toronto
Ingresso: 16CAD
Horário de funcionamento: conferir no site.
Site: http://rom.on.ca

Visita a Cervejaria (Fábrica) Steam Whistle Brewing:
Qualidade do passeio: Bom

Trata-se de um tour, de aproximadamente 1 hora, na Cervejaria Steam Whistle Brewing, mediante agendamento prévio, onde você pode acompanhar como a Cerveja Pilsen é confeccionada, incluindo degustação do produto. O valor do ingresso é um dos produtos da loja que você escolhe, ou um abridor de garrafas personalizado, ou uma caixa de cerveja com 6 e 12. Apesar destes serem os produtos informados no site, no dia, conseguimos escolher pelo copo da Cervejaria. Além da equipe ser muito divertida, seu inglês tem que estar bem afiado, pois eles vão te interagir no programa, e você não terá como fugir!

Endereço: 255 Bremner Blvd, Toronto
Ingresso: 10, 15 e 26CAD (Depende do souvenir que você escolher).
Agende seu passeio aqui.

Obs.: bem ao lado da Cervejaria, tem um museu de trens. Parece super interessante!!! Infelizmente não tivemos tempo de conhecê-lo.

“A Cidade Subterrânea”:
Qualidade do passeio: Ótimo para os dias de muito frio!

Algumas cidades do Canadá foram projetadas para sobreviver aos invernos rigorosos que afetam a região. E assim, em Toronto, existe uma Cidade Subterrânea, com lojas, restaurantes, etc, para viabilizar o dia-a-dia dos Canadenses (e turistas) durante o inverno, cujas temperaturas ficam bem abaixo de zero. Passamos apenas por um dia, depois de um frio congelante, para conhecer e fazer uma refeição. E claro, como não poderia faltar, existe uma grande quantidade de oferta de sopas, de todos os gêneros e gostos.

The Distillery
Qualidade do passeio: Ótimo!

Trata-se de um Distrito Histórico, aberto desde 1832, com lojas de grife, restaurantes, bares, cafeterias. Como diz no próprio site do local, é um lugar para ver e ser visto. Nós devoramos este lugar! Os prédios são construídos em tijolos vermelhos restaurados, com ruelas para caminhada dos pedestres, em uma ambiente super aconchegante! Dizem que no verão é espetacular, o que tenho certeza! E quando visitamos, com o frio intenso, era possível ver estabelecimentos fechados, sem nenhum som, ruelas desertas. Mas em seu interior, um happy hour fabuloso, como foi o caso da Mill St. Brewery e Soma Chocolate.

Site: http://www.thedistillerydistrict.com

Degustando 4 tipos de Cervejas Canadenses

Não deixe de degustar o chocolate quente da Soma Chocolate

Yonge-Dunda´s Square:
Qualidade do passeio: bom

O local é um quarteirão, na junção entre as ruas Yonge Street e Dundas Street East, em Downtown Toronto. Sedia eventos importantes na cidade, e qualquer semelhança com Times Square não é mera coincidência.

Site: http://www.ydsquare.ca/

Compras?

Pelo que percebemos, o Canadá não é tão vantajoso para as compras como é nos Estados Unidos. Tanto é que, pela proximidade com o vizinho, alguns sites mencionam sobre as melhores condições de compras em terras americanas. Mas se você quer gastar, o local é na Bloor St:

CityPass Toronto, vale a pena?

O CityPass Toronto abrange 5 atrações e custa 62,12Dólares Americanos. E somando todas as atrações que visitamos, o valor ultrapassava o do passe. Então, foi vantajoso. Para adquiri-lo, acesse aqui.

Mais algumas fotos da Cidade:

Do quarto do Hotel, a belíssima imagem de um dia de neve.

Aguarde pelo próximo post sobre Niagara Falls e Niagara on-the-Lake.

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

13 thoughts on “Curtindo Toronto

  • 7 de março de 2016 em 14:18
    Permalink

    Vá em toronto na época da primavera, fica tudo verde, lindo. amo toronto.

    Resposta
  • 10 de agosto de 2014 em 03:14
    Permalink

    Estou montando o roteiro da minha próxima viagem para o Canada , encontrei seu blog e ADOREI!!!
    Excelente como vc descreve a viagem, os detalhes e dicas!!!!
    Vou seguir seu roteiro!!!!
    🙂

    Resposta
  • 29 de maio de 2013 em 03:47
    Permalink

    Fala Fabi,
    Muito boa a postagem, bem detalhada, com todas as dicas e belas fotos. Gostei muito da idéia da cidade subterrânea e da cervejaria. A Torre deve ser demais, me fez lembrar quando estive na torre da sua cidade natal, claro, guardando as suas devidas proporções.
    Abraços,

    Lelê Garofle.
    http://musicandocomlele.blogspot.com.br/

    Resposta
    • 4 de junho de 2013 em 13:42
      Permalink

      Oi, Leandro!
      Estava sumido!
      Foi uma viagem muito bacana, e já estamos com saudades do Canadá! Motivo pelo qual retornaremos ainda este ano.
      Bem, a torre realmente é demais! E é, de certa forma, incomparável com a nossa torre de BH, que vc e a Robertinha tiveram o prazer de conhecer!
      Abraços,

      Resposta
  • 26 de maio de 2013 em 12:58
    Permalink

    Oi Fabi,

    Lindas suas fotos de Toronto,
    Foi bom me lembrar, onde estive mais de vinte anos atrás,
    Mas estive no Canadá na Primavera, nem imagino esse frio todo lá…rsss

    Abraço,
    Renata

    Resposta
  • 22 de maio de 2013 em 20:49
    Permalink

    Eu estava prestes a fazer um comentário: "Nossa, que linda suas fotos na neve, adorei as dicas e vou salvar tudo para usar ano que vem…. "
    Quando chegou as três últimas….
    VOCÊS FORAM NUM SHOW DO GREEN DAY!!!!
    Minha banda preferida-de-todos-os-tempos!! hahahahaha

    Invejei DEMAIS!!
    hahahahahahha

    😉

    Beijos!

    Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 20:52
      Permalink

      Marcela, ri demais!!! Rsss…
      Menina, foi um presente este show! Não tínhamos marcado nada, e vimos os cartazes na arena, compramos imediatamente! E por 30CAD???
      Foi simplesmente perfeito!!!!!!!!
      Eu também amoooooooooooooo Green Day!

      Beijos

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 20:58
      Permalink

      TRINTA DÓLARES CANADENSES???
      Invejei AO CUBO!!!

      Em pensar que eu paguei 200 reais pra ver aqui em SP pra ser ESMAGADA na pista premium!!!

      🙁

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 21:04
      Permalink

      Foi muito barato! O lugar não foi o melhor, mas curtimos o som e vimos do mesmo jeito!
      Foi ótimo! A gente sempre olha o que rola nas cidades antes de viajar e sempre compramos ingressos, etc… Mas desta vez, nem imaginava!
      Lá, eles estão na onda de The Lumineers, vc conhece? Eu não conhecia e fiquei apaixonada!!! Foi nossa trilha sonora de lá…
      Veja: http://thelumineers.com/

      Resposta
    • 23 de maio de 2013 em 13:00
      Permalink

      Fiquei impressionada com a pista, quase vazia! Vontade de falar: "Alow, canadenses?? É Green Day! Pq essa pista tá vazia?? hahahah"
      Mas é que eles tem infinitas mais opções de shows do que a gente aqui no Brasil, né? Se não vão esse ano, vão ano que vem…
      Espero ter sorte de ter algum legal em alguma das cidades que vamos passar esse ano!

      Eu conheço só a música mais famosa do The Lumineers (Ho Hey), de ouvir no rádio, e adoro… Vou baixar o cd pra ver!

      🙂

      Beijos!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »