Algumas informações importantes para quem deseja fazer uma Road Trip dos Estados Unidos ao Canadá

Existem muitas vantagens de realizar uma Road Trip (viagem de carro), como por exemplo, observar as belíssimas paisagens, ter a oportunidade de fotografar calmamente o local, além de conhecer culturas e locais diferentes. 
Desde que começamos a realizar nossa primeira Road Trip, tomamos um gosto enorme por este tipo de viagem, e só conseguimos ver pontos positivos! É claro que quem não gosta deste tipo de viagem, não dá simplesmente para forçar a barra e fazer. Viajar tem que ser algo prazeroso, acima de tudo. Quando viajamos para o Machu Picchu não via outra possibilidade a não ser viajar de trem de Cusco até Águas Calientes. Entretanto, apesar de ter sido muito confortável o percurso no trem Vistadome, me senti presa. Eram paisagens bonitas demais para ver e tirar uma foto rapidamente pelo vidro da janela. Eu queria curtir, sentir o cheiro, sentir o geladinho das gramas molhadas, viver mais intenso aquele momento. Mas, especialmente, neste caso, não tive escolha, pois não conseguiria jamais fazer aquela trilha inca, sob os malefícios da altitude elevada, ou melhor, não tenho qualquer experiência e preparo com trilhas. Mas se tivesse como ir de carro… 
Para a decisão de realizar uma Road Trip entre Estados Unidos e Canadá levamos em conta alguns pontos:
Tempo de duração da viagem
– Avião: levando em consideração toda aquela burocracia de táxi para aeroporto, chegar com antecedência, check in, despachar bagagens, esperar, voar, ver nuvens, retirar bagagens, pegar táxi. Isso tem me cansado muito! Cansado e estressado. Gastaríamos em torno de 4 a 5 horas com este processo, no mínimo.
Trem: em torno de 5 horas por trecho, no mínimo, levando em consideração toda a burocracia de táxi para estação, táxi para hotel, etc.
Carro: o maior trecho seria em torno de 8 horas. Mas poderíamos fracioná-lo, com paradas de 2 em 2 horas, ou aproveitar um almoço em alguma cidade estratégica.
Valores: 
Avião: as passagens estavam bem caras;
Trem: o bilhete por trecho era caríssimo;
Carro: diária de carro nos Estados Unidos é bem em conta, assim como o combustível. 
A decisão foi tomada de fazer todo o roteiro de carro. 
Dica: Existe uma taxa exorbitante de devolução do veículo em outro País. E como alugamos o veículo nos Estados Unidos, devolvemos também nos Estados Unidos, entretanto, em aeroporto distinto (que também tem uma taxa extra para devolução em aeroporto distinto, mas nem tão cara como a de entrega em outro país).
Mas como é atravessar a barreira dos Estados Unidos e Canadá de carro? (Legalmente!!!)
Claro que você tem que estar com todos os documentos legais de entrada em ambos países, que é o passaporte com visto válido
Já possuíamos o Visto Americano, e requeremos o Visto Canadense quatro meses antes da viagem, que é bastante burocrático. Meu pedido foi realizado através da Rubi Operadora de Turismo, que é uma empresa muita séria, além de ser especialista em vistos canadenses. Depois de termos todas as orientações, encaminhamos os documentos por Sedex, realizamos o pagamento das taxas, e no prazo de mais ou menos um mês, recebemos a resposta da concessão do Visto. Não vou dar maiores informações sobre o Visto Canadense, pois este tipo de serviço costuma mudar sempre. Então, para não ficar desatualizado o post, sugiro que as informações sejam retiradas do próprio site do requerimento. Acesse aqui
Além do Passaporte com Visto Americano e Canadense, estávamos ainda com a PID – Permissão Internacional para Dirigir, Carteira de Motorista, Contrato de Locação do Carro nos Estados Unidos, além de todas as reservas de hotéis impressas, inclusive o bilhete de retorno para o Brasil.

Ponte antes da Fronteira do Canadá, em Sarnia.

 Já na Fronteira dos Estados Unidos com o Canadá:

Eu pensei que, por estarmos atravessando a fronteira do País, seria mais burocrático que a chegada na imigração em aeroportos. Mas tudo foi da mesma forma, mesmas perguntas, e necessidade de comprovação da legalidade dos documentos. Como estava tudo legal em nossa documentação, nossa entrevista não durou cerca de 3 minutos. E como já relatamos anteriormente, ficamos impressionados com a educação do Policial Canadense que nos entrevistou. 
No retorno para os Estados Unidos, tivemos o mesmo procedimento, e o mesmo tempo de entrevista.

Conclusão: vale muito a pena! É uma experiência única! É super divertido e a gente não perdeu nenhum segundo sequer da nossa Road Trip pelos EUA e Canadá!

Hoje, revendo as fotos da viagem, que totalizaram mais de 4mil, estou contando os segundos para realizar o lado Oeste, que terá um super roteiro, iniciando também nos EUA. Mas até lá, muuuuuuita água vai passar debaixo da ponte (ou melhor, muitas outras viagens especiais vão acontecer!).

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

28 thoughts on “Algumas informações importantes para quem deseja fazer uma Road Trip dos Estados Unidos ao Canadá

  • 13 de fevereiro de 2015 em 15:36
    Permalink

    Olá Lucília, se for possível passe algumas dicas da sua viagem. Estamos indo em maio.Abraço

    Resposta
  • 2 de outubro de 2014 em 18:25
    Permalink

    Oi pessoal! Eu e meu marido estamos embarcando pra nossa road trip USA x CANADA semana que vem!! Alugamos o carro sem GPS, que é bem mais barato, como já foi comentado! Fabiane, Marcus, qual GPS vcs me indicam pra comprar? Alguma dica? obrigada, Lucília

    Resposta
    • 2 de outubro de 2014 em 18:33
      Permalink

      Olá, Lucília!
      Tudo bme?
      Que bacana!! Vcs vão amar!
      Compramos o Garmin. Mas o Tom Tom também é muito bom!
      Confirme se tem o mapa do Eua ou Canadá… depois comprei o do Brasil e de alguns países da Europa…
      Beijos e boa viagem!

      Resposta
    • 2 de outubro de 2014 em 20:42
      Permalink

      Eu comprei um Garmin, muito bom ! Gostaria de saber qual o roteiro vcs irão fazer. Em junho-15 pretendemos fazer uma road trip no Canadá. Boa viagem!!!!

      Resposta
    • 3 de outubro de 2014 em 17:14
      Permalink

      Ricardo, vamos fazer Brasil x NY, NY x Buffalo (onde pegaremos o carro). Um dia em Niagara Falls, 3 dias em Toronto, 2 dias em Ottawa, 4 dias em Quebec, 3 dias em Montreal, 5 dias em Holland (uma cidadezinha perto de Buffalo para visitar amigos). Depois Buffalo x NY, onde ficaremos 4 dias. Está programado para visitar Niagara on the lake, e Kingston. Fizemos este roteiro baseado na visita aos amigos em Holland! Escolhemos outubro por ser outono, e vimos vários relatos de que é uma ótima época para visitar o Canadá… Abçs!

      Resposta
  • 6 de agosto de 2014 em 02:01
    Permalink

    Oi Fabiane,
    Eu e minha esposa estamos planejando fazer uma road trip de Boston até Buffalo, mas passando por Quebec, Montreal, Ottawa e Toronto. Gostaria de saber quantos dias vc recomenda para cada lugar? Vamos em maio-15. Depois vou para a Califórnia. Este ano fizemos a rota 66 completa e uma volta completa na ilha do Hawaii(Big Island), foram 1200KM na ilha.Quem quiser indicações, basta pedir.Ricardo.

    Resposta
    • 11 de agosto de 2014 em 01:02
      Permalink

      Oi, Ricardo!
      Será viagem incrível, heim?
      Vcs vão amar!
      Bem, recomendo pelo menos 2 dias em Quebec, 3 em Montreal, 2 ou 1 em Ottawa, e Toronto de 3 a 4 dias.
      Que bacana sua road trip! Citou dois lugares que temos muita vontade de ir!
      Com certeza, pediremos dicas no futuro!
      🙂

      Resposta
  • 27 de julho de 2014 em 17:49
    Permalink

    Oi, estou com uma mega dúvida sobre ir de Chicago até Toronto, passando por Detroit. Só tenho uns 7 dias e tenho que ir e voltar partindo de Chicago, tenho que estar lá dos dias 28/11 a 05/12. Estou com medo de pegar muita neve na estrada. Vocês sabem algo sobre essa época?

    Resposta
    • 27 de julho de 2014 em 22:24
      Permalink

      Oi, Bruna!
      Fomos em abril do ano passado, e estava muito chuvoso… e mesmo assim pegamos neve em Toronto. Sinceramente, não sei te dizer se esta época do ano já estará nevando. Acontece que as pistas são muitos boas, não são estradas perigosas. São rodovias duplas, muito bem sinalizadas… O ideal é ir acompanhando até lá.

      Resposta
  • 21 de maio de 2013 em 18:07
    Permalink

    Oi Fabiane!!
    Adorei esse seu post! Também adoro fazer Road Trips (até comecei um blog tb pra contar!), esse ano vamos fazer uma longa pelos EUA, de Mineápolis até NY!
    Essa de EUA e Canadá está nos meus planos de 2014! Mais ou menos esse roteiro que vocês fizeram, Niagaras Falls, Toronto, Montreal, Ottawa, Mont-Tremblant,Quebec e terminando em Boston…
    Mas não sei exatamente como funcionaria para atravessar a fronteira de carro alugado… Inclusive minha ideia era fazer os trechos de fronteira de transporte público e alugar um outro carro quando chegasse no Canadá. Como foi isso pra vocês? Vocês reservaram o carro aqui do Brasil já? Existem outras taxas por estarem rodando em outro país?

    Beijos!

    Marcela
    http://tripsandroadtrips.wordpress.com/

    Resposta
    • 21 de maio de 2013 em 18:15
      Permalink

      Oi Marcela, desculpe me intrometer na conversa, mas como você deve estar vendo acima vou iniciar uma viagem parecida com a sua na semana que vem. Começo e Chicago e termino em Boston, passando por vários lugares no Canadá. Pensei em alugar o carro só no Canadá e fazer os trechos de avião entre EUA e Canadá. Mas descobri que o aluguel de carros no Canadá é bem mais caro que no EUA. Assim, alugando o carro por 18 dias nos EUA vou pagar bem menos do que pagaria por 10 no Candadá.

      Resposta
    • 21 de maio de 2013 em 19:45
      Permalink

      Oi Marcus!
      Então, eu vi que no Canadá é mais caro mesmo… Na verdade como eu to planejando essa viagem pro ano que vem só, ainda não pesquisei muito…
      Com certeza pegar e devolver nos EUA deve ser melhor, a minha dúvida é só em relação a sair do país com o carro alugado, em relação a seguro e tal… Se precisa pagar alguma taxa a mais por isso…

      Resposta
    • 21 de maio de 2013 em 22:46
      Permalink

      Gente!!!!!!!!!!!
      Estou amando estas discussões no Blog!
      É muito legal saber que outras pessoas curtem Road Trip como eu e o Fábio… Primeiro o Marcus, agora a Marcela! Bem, estou amando!

      Marcela,
      O Marcus já respondeu sobre os aluguéis de carro no Canadá. Realmente são mais caros que nos EUA.
      Sempre alugamos e devolvemos no mesmo aeroporto.
      Desta vez, devolvemos em aeroportos diferentes, então, pagamos taxa de devolução em outro aeroporto, que não é baratinha… você já deve ter pago e saber. Em torno de 400 dólares que foi desta última.
      Devolver em outro país é ainda mais caro! Algo inviável para nós.
      Atravessar a fronteira dos EUA para o Canadá foi muito tranquilo.
      Antes de cruzar a fronteira e parar no guichê que mostrei acima, tem um pedágio em que pagamos 3 dólares americanos. Só. Não tem outra taxa.
      Não tem taxa extra para ir para outro país.
      Você só confirme se há o mapa do país atualizado, no nosso caso, conferimos o do Canadá.
      E claro, fizemos com seguro total.

      Espero que tenha ajudado….

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 12:45
      Permalink

      É ótimo mesmo encontrar pessoas que gostam de fazer o mesmo que a gente e poder trocar experiências!! 🙂
      Eu e o marido sempre gostamos de viajar de carro aqui pelo Brasil, depois do ano passado que pudemos conhecer um pouco mais dos EUA… aí não tem mais jeito, já temos vários planos para as próximas férias!

      A minha dúvida era em relação a locação do carro mesmo… No caso de acontecer alguma coisa com o carro no Canadá, o seguro contratado na locação nos EUA cobre? Quando vocês reservaram o carro ou na hora de retirar, vocês chegaram a perguntar sobre isso?

      A minha única experiencia em relação a isso foi quando fomos pra Foz do Iguaçu, quando fomos retirar o veículo na locadora nos perguntaram se a gente iria cruzar a fronteira e ir para a Argentina com o carro. Como dissemos que sim, eles nos deram um seguro a parte, que cobria qualquer incidente que acontecesse lá.

      Em relação as taxas de devolver o carro em outra cidade… é isso mesmo, não é baratinho… Mas compensa, né?

      Super obrigada pelas dicas!

      Beijos!

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 13:01
      Permalink

      Marcela, sempre que programo minhas viagens conto com a ajuda de uma prima da minha esposa que tem uma agência de turismo há mais de 30 anos e já viajou o mundo todo. Ela sempre dá ótimas dicas, principalmente em razão da experiência pessoal, além de arranjar ótimos descontos. Segundo ela me informou os seguros dos EUA valem no Canadá sem nenhum problema. Não precisa pagar nada a mais do que seria nos EUA. No entanto é recomendável informar na locadora nos EUA, na hora de retirar o carro, que você vai ao Canadá, assim eles te dão uma autorização para evitar dores de cabeça na fronteira.

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 13:21
      Permalink

      Alugamos o carro pela Avis, mas em uma operadora de nossa cidade (BH).
      Informamos sobre nossa programação de ir ao Canadá, e isso foi anotado. Pagamos o seguro, e realmente, a única coisa que sei, é que o carro estava seguro lá. E também na hora de retirar o veículo, como o Marcus falou, avisamos novamente que iríamos para o Canadá, e tudo foi registrado.
      Boa informação, Marcus…
      A proposito, você tem site?

      Resposta
    • 22 de maio de 2013 em 13:49
      Permalink

      Hummm…
      Bom saber!! Então realmente compensa fazer dessa forma!

      Boa viagem, Marcos (invejinha branca de você que está embarcando segunda feira!)!
      Depois volte para contar se deu tudo certo!

      🙂

      Resposta
    • 23 de maio de 2013 em 12:31
      Permalink

      O aluguel do meu carro também foi pela Avis, o preço estava bem melhor do que em outras locadoras. Já tive boas experiências nos EUA com a Dollar, a Hertz e a Budget, é a primeira vez que alugo na Avis. Ficou por volta de US$70.00 por dia, já com todos os seguros e taxas, motorista adicional e devolução em outra cidade, mas sem GPS. Já é a 3a vez que eu levo o meu (GPS Mio), além de emprestar para alguns amigos, pois a compra do mapa da America do Norte ficou mais barata que aluguel do GPS. Também tenho um amigo que comprou o GPS lá, antes de pagar o carro e trouxeram para o Brasil.
      Fabiane, não tenho site.

      Resposta
  • 21 de maio de 2013 em 01:16
    Permalink

    Vamos estar lá na primavera sim. Se não me engano o festival de tulipas em Ottawa e no fim de maio. Acho que deve ser uma das épocas mais bonitas pra conhecer as belezas naturais do Canadá.
    Obrigado mais uma vez pelas dicas!

    Resposta
  • 20 de maio de 2013 em 19:55
    Permalink

    Vamos fazer o caminho inverso nesse trecho, ir de Montreal para Mont-Tremblant e de lá para Ottawa, estão vamos pegar a melhor parte da estrada. Fiz muita pesquisa sobre as Thousand Islands e descobri um grande numero de empresas, muita gente acaba pegando os passeios que partem de Kingston, que fica muito longe da parte que parece mais bonita e oferece passeios muito longos (de 2,5 a 5 horas). Localizei essa empresa http://www.ganboatline.com, que tem sede em Gananoque e tem um passeio de 1 hora que parte de um vilarejo chamado Ivy Lea,que fica na parte que parece ser a mais bonita das 1.000 Islands, comprando o ingresso antes pela internet vamos gastar menos de 2 horas a mais de Toronto para Montreal. Se não for muito bom, pelo menos não perderemos muito tempo.
    Obrigado pelas dicas da vinícola e da Niagara Pkwy, com certeza vou fazer esse trajeto na ida para Niagara Falls.

    Resposta
    • 20 de maio de 2013 em 20:24
      Permalink

      Então, vocês vão adorar o caminho que falei! Lindo… só cheque o combustível, pois não existem tantos postos no trajeto.
      Sobre a Thousand Island não quis te desanimar… talvez não me expressei adequadamente. Mas acho que o passeio não seria agradável com o frio que estava quando fomos. Mas parece super bacana também!!! Ainda mais que vocês vão literalmente estar na primavera (eu acho).
      Ah…. e vocês vão ao Festival de Tulipas? Estava ansiosa para ir, mas começava apenas em maio.
      Nós almoçamos em Kingston, e acabamos fazendo um passeio a pé para conhecer a região central. Valeu a pena, e como fracionamos a viagem para não ficar muito cansativo, então, foi uma boa escolha, já que não fizemos as 1000Ilhas. E a comidinha muito boa!

      Bem… bateu uma saudade de lá com este nosso papo! Voltarei, em breve, se Deus quiser!

      Resposta
  • 19 de maio de 2013 em 15:11
    Permalink

    Oi Fabiane, adorei seu blog, minha esposa e eu também somos de BH adoramos viajar, especialmente fazer road trips (de carro e de moto), já fizemos algumas, inclusive na Califórnia e na Flórida. Vamos iniciar uma road trip de 3 semanas pelos EUA e Canada na segunda dia 27/05. Acho que nosso roteiro se parece, ao menos no início, com o seu. Iniciaremos a viagem e Chicago e de lá vamos de carro para Toronto, Niagara Falls, Montreal, Quebec e Boston, de onde voltamos para o Brasil. Para fechar nosso roteiro estou com uma dúvida de onde cruzar a fronteira, por Detroit ou, mais ao norte, por Sarnia. Pelas fotos parece que vocês escolheram por Detroit, por que?

    Resposta
    • 19 de maio de 2013 em 20:18
      Permalink

      Oi, Marcos! Que bacana! E muita coincidência tudo….. serem de BH, adorar as road trips, e a fazer quase a mesma viagem que fizemos.
      Bem, de início, eu imaginei que cruzaríamos a fronteira por Detroit.
      E como somos colecionadores de copos, vi que em Detroit tem um Hard Rock. Então, quando saímos de Chicago, já digitamos o endereço do Hard Rock de Detroit para almoçarmos por lá, aproveitando para comprar nosso copo.
      Ele fica bem na área central de Detroit, e então, quando saímos de lá, e colocamos o endereço no GPS para Toronto. E o GPS calculou via Sarnia. Só descobrimos quando andamos muito… e chegamos em Sarnia.
      Uma dúvida… vcs não vão em Ottawa? Nem em Mont-Tremblant? O caminho de Ottawa para Mont-Tremblant é maravilhoso!!!!!!!!!
      E não deixe de passar em Niagara on-the Lake!
      Vou tentar colocar mais aqui antes de vcs irem, mas de toda forma, ENJOY!!!!!!!!!
      A viagem é perfeita!

      Resposta
    • 20 de maio de 2013 em 00:26
      Permalink

      Vamos a Ottawa sim. Tínhamos programado Chicago-Toronto-Ottawa-Montreal-Quebec-Boston, mas em razão de um congresso de medicina em Montreal os hotéis tinham preços absurdos, assim, mudamos para Toronto-Montreal-Ottawa-Quebec.
      Não tínhamos nem pensado em Mont-Tremblant, mas achei a uma ótima ideia irmos até lá entre Montreal e Ottawa, o desvio é de pouco mais de 100Km (por isso que as road trip são ótimas!).
      Niagara-on-the-lake está na programação para o dia que vamos de Toronto a Niagara Falls
      Também vamos passar pelas Thousand Islands no caminho de Toronto para Montreal.
      Muito obrigado pelas valiosas dicas!

      Resposta
    • 20 de maio de 2013 em 13:32
      Permalink

      Marcus,
      que bacana!! Não sei se já conhece o Canadá. Mas eu e noivo estamos apaixonados! É muito diferente dos EUA…
      Eu não sei se seu caminho vai coincidir com o nosso. Mas o caminho Ottawa a Mont-Tremblant foi a coisa mais linda que já vimos! E de Mont-Tremblant para Montreal é diferente… o primeiro trecho foi mais bonito. Tente não deixar de fazer.
      Não deixe de ir na Vinícola Diamond Winery. Vc paga 1 ou 2 CADs para a degustação dos vinhos… e passe pela Niagara Pkwy. É linda!!!!!!!!!!!!!! Fomos primeiro na Vinícola, depois a gente colocou o de Niagara Falls, e ele não colocou a rota por Niagara Pkwy. Então, na volta, fizemos questão de passar por lá. E o caminho realmente é lindo! Não sei se posso dizer bucólico, mas um caminho romântico…
      Quanto a 1000ilhas, fomos orientados de que não era um passeio imperdível. Então, desistimos. Até porque, ainda estava muito frio, e o passeio não seria agradável.
      Qualquer coisinha, me avise… vamos trocando figurinhas até lá.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »