31 dias em Nova York: Central Park – Parte 03

Pois bem, hoje vamos para o último post da série sobre o Central Park (para saber mais sobre os dois primeiros posts clique aqui e aqui).

IMG_1168

No pequeno roteiro de hoje, lembramos do final do mês de janeiro de 2015, mais precisamente do dia 26, dia do famoso “Winter Storm Juno“, uma das maiores nevascas da história dos EUA. Era véspera da nevasca, e como estávamos hospedados no Harlem, localizado cerca de 20 quarteirões ao norte do Central Park, resolvi correr cerca de 8 Km pela região. Confesso que correr numa temperatura de quase “Zero Grau” não é lá a experiência mais confortável, mas depois de 15 minutos é fácil de se acostumar, principalmente motivado pelas belas paisagens regadas a muita neve.

CP53
Hora da corrida vespertina!!

Devidamente aquecido e 20 minutos após o início da atividade, adentrei o Central Park pela W 110Th St, praticamente esquina com a Malcolm X Blvd, uma das principais avenidas do Harlem, a região menos turística, mais “selvagem” e não menos bela do Central Park.

Continuei correndo sentido ao “Harlem Meer” (“Meer” significa Lago em Holandês), localizado a nordeste do Parque e ao norte do “Garden Conservatory“, região de muitas árvores e retiro de aves.

O “Harlem Meer” tornou-se um dos passatempos favoritos do Central Park, pois oferece estrutura, equipamentos e isca apropriada para o famoso “pesque e pague”, com dois detalhes: aqui podemos chamá-lo de “pesque e não pague”, pois é gratuito, e lógico, fora do inverno, pois o lago encontrava-se completamente congelado.

CP54
Harlem Meer completamente congelado

Em frente o Harlem Meer, também temos um pequeno “Playground”, totalmente reconstruído em 2013, e o famoso  “Charles A. Dana Discovery Center”, criado em 1993 pelo Central Park Conservancy, que oferece uma grande variedade de programas comunitários, exposições sazonais e celebrações nos feriados. Mas o mais bacana mesmo é a belíssima vista, principalmente no final do dia! Parada obrigatória para apreciar o “Sunset” de tirar o fôlego!

CP55
Sunset ao lado do Harlem Meer

Fato interessante: Na esquina da W 110Th St com a 5 th Ave está localizada a escultura de “Duke Ellington”, primeiro monumento de Nova York dedicado a um afro-americano nos Estados Unidos.

Certo da missão cumprida, retornei ao nosso apartamento alugado no Harlem e permanecemos durante o resto da noite de “plantão” e atentos, aguardando a chegada da “nevasca“. Antes da nevasca, guardamos a imagem abaixo, tirada bem no fim do dia.

CP56
Sunset no Central Park antes da Nevasca

 

Depois de uma noite tensa devido ao “Winter Storm Juno” e a sorte que a nevasca fora apenas 30% das expectativas, resolvemos explorar a região do Harlem e do Central Park logo pela manhã.

Caminhamos cerca de 25 minutos do nosso apartamento até a MorningSide Ave, mais precisamente até o “Morningside Park”, que pode ser considerado o primo menos conhecido do Central Park e fica praticamente ao lado do parente mundialmente famoso.

O Morningside Park é um típico parque de bairro, com “playground” infantil, localização privilegiada e ótimo para passeios a pé ou bicicleta. Aos sábados diversos agricultores vendem seus produtos ao ar livre. Com a grande quantidade de neve, chegando a 20 ou até 30 centímetros em alguns locais, era fácil visualizar famílias inteiras caminhando, brincando e deslizando pelo tapete branco.

IMG_0050

IMG_1074

CP58
MorningSide Park

Após o óbvio “pit stop” para fotos, continuamos até a esquina da W 110Th St com a “Central Park West”, mais precisamente na “Cathedral Pkwy”, onde está localizada a estátua de Frederick Douglass, grande líder Afro-Americano da década de 1950.

Dali adentramos o Central Park e caminhamos sem pressa sentido sul, explorando essa parte mais “selvagem” e pouco turística, conhecida como “North Woods”. Para você ter uma idéia, praticamente não existem monumentos ou estátuas nessa região, tão comuns em outra partes do Central Park.

IMG_1084

IMG_1086

IMG_1087

As próximas fotos foram tiradas durante nossa caminhada, que durou quase uma hora, buscando sempre a “West Drive”, que praticamente corta o Central Park de norte a sul. Lembrando que utilizamos o GPS do celular para não perder noção de onde estávamos. Não tem erro!

IMG_1096

IMG_1099

IMG_1102

IMG_1103

IMG_1107

CP61
Muita neve!
CP63
Visita a caráter
CP64
Muito frio!

Caminhando sempre sentido sul do parque, já na altura da W 100 th St, existe uma série de “Playgrounds”, onde as crianças faziam a festa com seus sleds na neve.

IMG_1127

IMG_1130

O vídeo abaixo retrata o que significa tanto para o novaiorquino, quanto visitantes e turistas em geral, o Central Park tomado pela neve, ainda mais após um dia de nevasca.

Como não poderia deixar de ser, bonecos de neve marcando presença:

IMG_1122

IMG_1145

E o mais inusitado: no meio do dia, um ilustre visitante se fez presente: o Sol, tornando o Central Park ainda mais espetacular!

CP71
Xissssss!

Um pouco mais ao Sul, parada obrigatória para o “Jacqueline Kennedy Onassis Reservoir“, um famoso reservatório que ocupa 1/8 de toda extensão do Central Park e fora construído em 1862. No entanto não é mais utilizado para abastecimento da cidade nos dias atuais.

IMG_1133

O local oferece aos corredores de plantão e turistas uma das melhores vistas da cidade, e é ideal para fotografar diversas espécies de aves, principalmente garças.

Caminhamos sem pressa, tirando fotos e apreciando as belas paisagens.

CP72
Casa do Papai Noel?

Chegando na parte central do parque (sem trocadilho!!), aproveitamos para assistir os “surfistas da neve”, muito comuns nessa época do ano.

IMG_1166

IMG_1167

No vídeo abaixo uma pequena amostra do que esses malucos conseguem fazer.

Após a 85 th Transverse, é possível notar algumas mudanças no Central Park, principalmente no aumento considerável de pessoas, pois já estamos novamente na parte mais turística e visitada.

Abaixo, mais uma das inúmeras fotos pós-nevasca no Central Park.

IMG_1168

CP76
Alguém anima pular?

Por fim, já no fim da proveitosa caminhada, resolvemos relembrar o nosso tempo de crianças, tempos inesquecíveis que não voltam jamais!

CP77
Bons tempos!

Olha a alegria da dupla!!

E aqui encerramos mais uma série de posts, relembrando que visitamos, caminhamos, apreciamos e até tiramos fotos (sem ironia!!) diversas e diversas vezes no Central Park durante os 31 dias de estadia em NYC, pois, afinal de contas, Central Park e NYC praticamente são a mesma coisa!

Até a próxima!

 

 

Fábio Almeida

Major, 43 anos, conhece 38 países, viajante inveterado, cinéfilo, apreciador de vinhos e cervejas especiais, fotógrafo amador, viciado em natação, corrida e quadrinhos! Força na Luta! Sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »