A deliciosa experiência gastronômica no restaurante Pierre, do Mandarin Oriental, Hong Kong

Fomos convidados pelo Mandarin Oriental, Hong Kong, o qual estivemos hospedados durante nossa viagem pela Ásia, para um jantar em um de seus restaurantes. Na verdade, Hong Kong abriga uma gama de excelentes restaurantes, inclusive, muitos deles são estrelados com uma ou duas estrelas Michelin. No caso do Mandarin Oriental, Hong Kong, três de seus restaurantes são premiados pelo famoso Guia: o Pierre (comida Francesa – 2 estrelas Michelin), o Mandarin Grill + Bar (comida europeia moderna – 1 estrela Michelin) e o Man Vah (comida cantonesa – 1 estrela Michelin). E acredite! Manter a premiação do Guia Michelin é uma tarefa árdua, que significa dia após dia de um trabalho intocável!

Para saber sobre o Guia Michelin e como foi nosso almoço no Amber do The Landmark Mandarin Oriental, acesse aqui.

E nosso jantar foi no grandioso Pierre, um dos mais conceituados e renomados da cidade, localizado no 25º andar do Mandarin Oriental, Hong Kong, com uma vista de cair o queixo para Victoria Harbour.

Antes de ler os detalhes do nosso jantar, assista ao vídeo abaixo:

O CHEF (ou os Chefs)

Chef GagnairePierre é um restaurante premiado com duas estrelas Michelin, do renomado Chef Pierre Gagnaire, que possui uma equipe de culinária cuidadosamente conduzida pelo Chef Jean Denis le Bras, estritamente ligado e em sintonia com Gagnaire.

Pierre Gagnaire, um francês hoje com 66 anos, foi pioneiro no movimento cozinha de fusão, recebeu suas três estrelas Michelin no ano de 1988, e, em 2015, foi eleito um dos melhores Chefs do mundo!

A cozinha de Pierre é intelectual, criativa, mas que parece brincar com sabores e produtos.

“La cuisine ne se mesure pas en termes de tradition ou de modernité. On doit y lire la tendresse du cuisinier.” Pierre

Já o Chef Jean Denis Le Bras entrou para o restaurante em 2013, e desde então, junto com sua equipe, vem mantendo as duas estrelas Michelin. E, talvez, mais difícil que conquistar uma estrela Michelin, seja mantê-la. Jean Denis possui um passado ligado a Pierre, motivo pelo qual foi escolhido pelo renomado chef para liderar sua equipe no Pierre, Hong Kong. Tivemos o prazer de conhecê-lo (foto abaixo):

pierre nova chefs

O RESTAURANTE

Pierre é um restaurante surpreendente, como tudo o que o Grupo Mandarin Oriental oferece. Quando chegamos, fomos cuidadosamente direcionados até a nossa mesa, que era de frente para os janelões de vidro (do chão ao teto), que proporcionam um vista incrível de Victoria Harbour. Mas não pense que o destaque é somente para a vista! Confesso que me perdi por um longo tempo a observar o lustre do grande salão, que muda de cor de acordo com o humor do ambiente!

hong-kong-13-restaurant-pierre-3

A decoração é nas cores carvão vegetal, cereja e azul. Impecável e elegante!

Logo aí, você começa entender o porquê das premiações do Michelin e Forbes para o Restaurante. Só a equipe do restaurante, por si só, já é um destaque do lugar. Explicaram cada prato detalhadamente, com paciência e atenção. Para entender a arte de Pierre e Jean Denis, é bom que entenda cada um de seus pratos!

Por falar em pratos, mais precisamente nas porcelanas, observem o detalhe da assinatura de Pierre.

Em um determinado momento do jantar, pedi para ir ao toilette. Fui encaminhada pela Hostess até a porta de entrada do local, e lá, uma simpática atendente esperava para assistir no que fosse necessário. Ao final, quando me dirigi para o lavatório, antes de abrir a torneira, ela educadamente já me esperava para abrir a torneira, me entregar uma delicada toalha de tecido, e fechar a torneira.

Aí, você pode pensar: para quê isso? Se a maioria dos lugares de hoje em dia possui torneira com sensor! É justamente para te mostrar a especialidade daquele restaurante. E não pense que é aquela situação em que te deixa sem graça! Ao contrário, é tudo muito discreto e com naturalidade! 🙂

Ao final do jantar, voltei ao restaurante. Pensei que aquela senhora nem se lembrava mais de mim… até que entrei, e ela educadamente e sempre com um sorriso disse: “Welcome again!” São detalhes que você percebe o quão importante você é para o lugar.

A COZINHA FRANCESA

A cozinha do Pierre é considerada (ou também chamada) por cozinha francesa moderna. Mas na verdade, o Chef também mantém muito da tradição da gastronomia francesa, que ao mesmo tempo é fácil de entender e despretensiosa. O cardápio é sazonal, e como estivemos em Hong Kong em Fevereiro/16, nosso cardápio era o “Winter Tasting Menu 2016”, com 6 cursos, harmonizados com champagne, vinho branco e vinho tinto.

As entradas, primeiro e segundo prato do menu foram harmonizadas com o Champagne Amour de Deutz Rosé – 2006 – Millesimes, de Provence. Delicioso, luxuoso, uma mistura entre refinado e complexo! Foi plenamente harmonizado com os pratos servidos.

(Nota: as fotos foram tiradas do nosso celular, de forma bem discreta para não prejudicar ou incomodar a intimidade de outros clientes/hóspedes, já que a casa estava cheia).

IMG_2539

As entradas eram em várias pequenas porções bem refrescantes, leves e deliciosas! Excelentes para degustar com o Champagne! E serviram para me deixar ainda mais curiosa com o que estava por vir…

IMG_2545

O primeiro prato do Winter Tasting Menu 2016 foi um Pascaline e corola de vieiras, fatias de nabo (Daikon), trufa negra Melanosporum, com geleia de alcachofra de Jerusalém (Pascaline and corolla of scallops, diced of daikon turnip, black truffle Melanosporum. Jelly of Jerusalem artichoke). O prato também foi harmonizado com o Champagne Amour de Deutz Rosé – 2006 – Millesimes. A geleia de alcachofra com as trufas e o nabo teve uma combinação bem curiosa! Adoramos! 🙂

IMG_2554

IMG_2558

O segundo prato foi um Pan-sautéed Lagostine, envolvido com pó de banha de porco defumada, “lace biscuit” encoberto de Colonnata e espuma de pepino (Pan-sautéed Langostine, wrapped with smoked lard powder. Lace biscuit, vailed of colonnata. Cucumber foam). O prato também foi harmonizado com o Champagne Amour de Deutz Rosé – 2006 – Millesimes. Impressionante como a espuma de pepino deixa o prato leve! Delicioso!

IMG_2562

IMG_2565

O terceiro prato foi um Canelone de robalo selvagem, cercefi caramelizada, “escargot” e banha de Bigorre, puré de urtiga e agrião (Cannelloni of wild seabass, caramelized salsify. Snails and lard from Bigorre. Nettle purée with watercress), harmonizado com vinho branco Domaine Vacherron Sancerre, 2013, Loire, que possui um delicioso frescor de fruta cítrica!

Observa-se que todos os pratos possuem um ingrediente especial de um determinado lugar da França. E no caso deste prato, um deles foi buscado na região de Bigorre.

IMG_2577

É um prato com gosto mais marcante! Especialmente pelo puré de urtiga e o agrião.

IMG_2578

Quarto prato: Medalhão de veado com pimenta Timut, xarope de beterraba vermelha, cubos de manga e abóbora com canela (Medallion of venison with Timut pepper, syrup of red beetroot with blackcurrant. Diced of mango and pumpkin with cinnamon). Adoramos a carne de veado deste prato! Ainda não tínhamos experimentado e achamos bem suculenta!

IMG_2595

O prato foi harmonizado com um vinho tinto ‘Francois Villard SaintJoseph Reflet”, 2007, de Rhone, França. Vinho mais forte, paladar de frutas como ameixa ou figo! Adoramos a combinação!

Ainda no quarto prato, serviram um Tradicional “jugged”, gnocchi de lentilhas verdes de Puy e nabos refogados (Traditional jugged, gnocchi of Puy green lentils and braised turnips). Puy é uma comuna francesa na região administrativa da Aquitânia, no departamento Gironde.

IMG_2603

E o quinto prato foi um Queijo Brie de Meaux trufado com suco de uvas (Truffle bire de Meaux cheese, grapes juice). Excelente combinação entre o queijo e o suco de uva! Perfeito!

IMG_2605

IMG_2606

E um pequeno paraíso, ou melhor, um verdadeiro leque para 6 sobremesas, como o grand finale do nosso jantar, servido com um Montlouis Sur Loire, 2010, que também era delicioso!

IMG_2652

O Chef incluiu no menu seis sobremesas da Tradicional Cozinha Francesa, feitas com frutas, vegetais sazonais, levemente adocicadas:

1 – Soufflé de amêndoas com ginseng (Almond cream soufflé with ginseng);

2 – Panna-cotta de leite de coco, sorvete de coentro, gengibre fresco, polpa de pêra com estrela-de-anis (Panna-cotta of coconut milk, coriander sherbet, fresh ginger, pulp of pear with star anise). Que cominação mais curiosa e deliciosa!

3 – Suco de frutas do inverno, abacaxi assado e tangerina (ou Mandarin) cortada em cubos, ‘dome’ de merengue (Winter fruits coulis, roasted pineapple and diced of clementine. Dome of meringue).

4 – Água de limão com folhas de limão bergamota, café wurtz, sorvete de limão (lemon water with leaves of bergamot limon, coffer wurtz, lime sorbet).

5 – Gelado aveludado de castanhas, demi-deuil (Iced velvety of chestnut, thinly-shredded demi-deuil).

6 – Tortinha de chocolate com Whisky Islay, caramelizado de frutas secas e caramelo de laranja (chocolate tartelette with Islay Whisky, caramelized dry fruits, orange caramel).

Todas as sobremesas estavam perfeitas! E mesmo sendo seis tipos, eram bem leves. Destaque para o número 2 e 4! Ambos bem refrescantes!

 

E para finalizar este jantar estupendo, um café com chocolates bem especiais!

IMG_2653

IMG_2655

IMG_2658

IMG_2660

Vinhos harmonizados durante nosso jantar:

Pierre vinhos novo

Pierre 01

Restaurante maravilhoso, grandioso e especialíssimo! A comida e bebidas são impecáveis! Merece e vale cada centavo do seu preço!

Nosso agradecimento especial ao Mandarin Oriental, Hong Kong, e equipe do Xmart, especialmente ao Chef Jean Denis pelo grandioso jantar e o mimo para nosso café da manhã:

IMG_9025

——————————————————————————————

Pierre – Mandarin Oriental, Hong Kong

Endereço: 5 Connaught Road Central, Hong Kong

Somente mediante reservas: mohkg-pierre@mohg.com ou reserve online aqui.

+852 2825 4001 – site

Horário de funcionamento: almoço: segunda a sexta, 12 às 2:30pm / jantar: segunda a sábado, 6:30 – 10:30 pm. Fechado aos Domingo

Vestimenta: o restaurante convida os clientes a vestirem-se de forma elegante e que os homens usem sapatos fechados.

 

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Content is protected !!