O que fazer em Londres

Das poucas cidades no mundo que a gente volta quantas vezes for necessário… o Fábio disse, inclusive, que sempre que possível, vamos comprar as passagens para a Europa via Londres, e aproveitar para conhecer um pouco mais da cidade (pensa se eu amei!). É uma cidade para visitar mais de uma vez, pelo fato de ser uma das cidades mais vibrantes do mundo! Uma das curiosidades que a gente soube no site do Visit Britain é que Londres é composta por mais de 270 nacionalidades, e por este motivo, possui mais de 300 línguas! Ficamos impressionados e surpresos com esta informação!

Algumas informações básicas sobre a cidade:

É a Capital da Inglaterra / O idioma oficial é o Inglês / A moeda é a Libra Esterlina (ou Pound – símbolo £) – Fuso Horário é de + 3 horas de diferença do Brasil / Mão Inglesa / Tomada de três pontos / O visto é concedido pela imigração no momento do desembarque /

Observação sobre o visto no Reino Unido: nada demais! Levamos passaporte com validade mínima de 6 meses, todas as reservas dos hotéis, bilhetes de ida-e-volta, bilhete de trem e ônibus, seguro-de-viagem. Fomos questionados exclusivamente de como seria o roteiro, de quanto tempo levaríamos para fazer isso, além de quais eram as nossas profissões no Brasil. E sem muito delongas, recebemos visto para permanecer por 6 meses no Reino Unido.

Leia este post antes de viajar para a cidade: o que você precisa saber antes de viajar para Londres.

London Pass

Recebemos do Visit Britain um London Pass desta ultima viagem e vimos que vale muito a pena adquirir o passe, mas isso se você preparar uma logística com antecedência e visitar o máximo de atrações permitida por dia. Achamos super prático como qualquer outro passe, incluindo:

  • Sem burocracia (você compra pelo site, recebe um voucher e troca no ponto de apoio. Depois é só mostrar o código de barras no ponto de entrada das atrações);
  • Prioridade na entrada das filas;
  • Entrada gratuita em mais de 60 atrações em Londres, inclusive cruzeiro pelo Rio Tâmisa (não tem pegadinha, as entradas são gratuitas mesmo);
  • Você tem um dia de passeio gratuito de Hop On Hop Off na cidade;
  • Você não paga nada para ir de trem até Windsor, e ainda pode visitar o Castelo;
  • Você receberá um livro guia com descrição de todas as atrações, horários, fotos (o que facilita a identificação quando chega no local), endereço, etc.;
  • No site do Visit Britain, explica que se você utilizar pelo menos 3 das principais atrações por dia, você estará economizando 20 Libras sobre os preços no final do dia. Ou seja, vale muito a pena! Tudo o que a gente mais quer é economizar é economizar em uma das cidades que é considerada uma das mais caras do mundo.

O London Pass também é vendido na Loja do Visit Britain, e você pode adquirir com total segurança. Mas com mais de 60 atrações na cidade que é considerada uma das mais caras do mundo, vale muito a pena, pode ter certeza!

Os cartões do London Pass que você utiliza nas atrações

Valores do London Pass em 2017:

  • 1 Dia: 62 Libras adulto / 42 Libras criança
  • 2 Dias: 85 Libras adulto / 48 Libras criança
  • 3 Dias: 101 Libras adulto* / 71 Libras criança*
  • 6 Dias: 138 Libras adulto* / 126 Libras criança*
  • 10 Dias: 169 Libras adulto* / 118 Libras criança*

*Eles geralmente colocam um desconto sobre este valor. Confiram o valor atualizado no site oficial, ou na loja do Visit Britain.

Obs.: você tem um limite diário que pode utilizar no London Pass. Não é por quê comprou o London Pass de 10 dias, que poderá utilizar 169 Libras de entradas por dia. Existe um limite diário de entradas que deve ser obedecido. Quando este limite for atingido, você só poderá utilizar novamente seu cartão no dia seguinte. E o cartão não conta por 24 horas seguidas, ele começa a contar no uso da primeira atração, então quanto mais cedo começar a usar a primeira, melhor! 🙂

O nosso London Pass foi cortesia do Visit Britain e do Visit Britain Shop. Lembrando que você pode comprar seu London Pass tanto pelo site oficial quanto pelo site Oficial do Turismo Britânico, que é o Visit Britain Shop.

(Sistema de Transporte em Londres e o Oyster Card)

Londres possui um dos Sistemas de Transportes mais eficientes do mundo. Você pode escolher tanto o metrô (que é um dos o mais utilizados), o ônibus (double decker), trens, bondes, até mesmo os barcos pelo Rio Tâmisa, sabia? E se não quiser nenhum desses, pode utilizar os icônicos black cabs. Só que o metrô é o mais utilizado por uma questão simples: trânsito, rapidez, facilidade de locomoção!

Os mapas (como abaixo) estão disponíveis em todas as estações de metrô, e para facilitar, a gente sempre gosta de colocar em nosso roteiro o nome das estações próximas às atrações. Então, quando chegamos à primeira estação do dia, vamos traçando as rotas.

Os valores são cobrados por zonas, sendo que Londres possui seis zonas, e a zona 1 e 2 são as mais utilizadas.

A aquisição do Oyster Card é a forma mais barata para se locomover em Londres, pois o cartão pode ser utilizado tanto no metrô, quanto no ônibus, trem e bonde. Neste link, você pode acompanhar as tarifas que foram congeladas pelo Prefeito até 2020.

Onde comprar o bilhete de trem e o Oyster Card? No próprio metrô existem as máquinas que você pode comprar o bilhete ou Oyster Card, em vários idiomas, e se tiver qualquer problema ou dúvida pode comprar nos guichês que ficam bem próximos às catracas. Depois é só passar nas catracas e o valor da passagem, de acordo com a zona e horário, será debitado do seu cartão.

No último dia que utilizar o metrô pode devolver o cartão (Oyster Card), pois é cobrado um pequeno valor por ele no momento de aquisição, e além do valor por sua aquisição, o valor do que sobrou também é estornado na hora e em cash! Yes, baby!!!! Isso é Londres! Procure o local de “refund oyster card deposit“.

Contamos como chegar de metrô do aeroporto de Heathrow até o Centro de Londres AQUI. E nele, tem umas dicas de como usar o Oyster, essencial para durante sua estadia na cidade.

London Travelcard

É um bilhete de papel que é válido em todos os meios transportes públicos de Londres. Por exemplo, para 7 dias, acesso ilimitado, qualquer hora do dia, acesso as zonas 1-6, você paga 78 dólares por adulto, incluindo o aeroporto Heathrow e London City. Já o bilhete para um dia, qualquer hora, zonas 1-4, você paga apenas 16 dólares.

Veja mais detalhes no site do Visit Britain Shop.

Big Bus London Sightseeing Tour

O Sightseeing Tour não deixa de ser uma forma se locomover e também conhecer a cidade. A rota de turismo abrange todos os pontos turísticos obrigatórios da cidade, e para quem tem pouco tempo na cidade, ou para quem gosta de comodidade, tranquilidade, e de pegar um roteiro pronto, pois o Big Bus London já possui uma rota pré determinada, que é só você seguir e curtir todas as atrações que a cidade oferece.

Veja AQUI como comprar e quanto custa (Valores para 2017, 36,50 Dólares = 1 dia).

(Veja também o Hop on Hop off Bus Tour London).

O que fazer em Londres

Veja agora as principais atrações da cidade da cidade que você não pode deixar de conhecer (importante que você saiba que adquirir bilhetes online são mais baratos, mas quem adquirir o London Pass a economia é bem mais vantajosa):

Coca-Coca London Eye

  • Localização: Riverside Building, County Hall Westminster Bridge Road, London SE1 7PB (Metrô Westminster ou Waterloo Station)
  • Ticket: a partir de 22,45 libras standard (Compre AQUI). Se quiser comprar o ticket Fast Track (que não espera na fila), pague 31,45 Libras (Compre AQUI), e para outros tipos de tickets veja AQUI
  • Aberto diariamente, exceto no natal (dia 25 de dezembro)
  • Primeira rotação às 11h, horário de fechamento veja AQUI (geralmente fecha às 18h, mas existem alguns horários de fechamento diferentes para dias especiais, como Valentine’s Day, por exemplo).
  • A dica é para comprar o bilhete com antecedência, pois pelo menos você não enfrentará a fila para comprar o bilhete 😉 Compramos pelo site o primeiro horário, chegamos cedo, curtimos a região do Big Ben, Parlamento, Rio Tâmisa, e nem vimos o tempo passar. Depois foi só mostrar o bilhete para o Staff, entrar na fila e esperar a nossa vez! Foi até rápido!

Inaugurada em 2000, na virada do milênio, é a quarta maior roda gigante do mundo, e com certeza um dos melhores observatórios de Londres. É um passeio imperdível na cidade! E é o mesmo que você ir em Nova York e não subir no Empire State, ou ir em Paris e não subir na Torre Eiffel. Possui 121 metros de altura, comporta 25 pessoas (sem aperto) em cada cápsula, e uma volta completa dura 30 minutos. Fique tranquilo! É tão lento e suave que você nem percebe o giro!

Vista para da Coca-Coca London Eye, em Londres, das margens do Rio Tâmisa
Do alto da Coca-Coca London Eye, em Londres

Na foto da próxima atração, dá para ver a belíssima vista da London Eye para o Parlamento Westminster.

Palácio de Westminster

  • Localização: Westminster, Londres, SW1A 0AA (Metrô Westminster Station);
  • Patrimônio Mundial da Unesco
  • Tour guiado do Parlamento (20 Libras), veja AQUI. Audio Tour do Parlamento (18,50 Libras), veja AQUI. Chá-da-tarde do Parlamento (29 Libras), veja AQUI.
  • Horário do Tour: sábado e durante o recesso parlamentares. Então, tem que conferir os dias e horários de acordo com o site.

O sistema do Governo do Reino Unido é o Parlamentarismo, que atua como uma parceria entre a realeza, a nobreza e os civis. Mas espere um pouco! Como funciona o Reino Unido? (Calma! Tem gente que não sabe!). O Reino Unido (oficialmente chama-se Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte) é uma união política de quatro países: Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. E o sistema do governo, que é o Parlamentarismo, tem sede na cidade de Londres, mais especificamente no Palácio do Parlamento (Westminster Palace ou Houses of Parliament), onde você encontra várias das principais atrações de Londres, a Elizabeth Tower (mais conhecida como o Big Ben), e ao lado de várias outras como a Abadia de Westminster, o Rio Tâmisa, e como comentamos acima, da London Eye é que se tem a melhor vista para o Parlamento!

Estrangeiros podem fazer uma visita autoguiada e guiada aos sábados e durante os recessos parlamentares do Parlamento, de acordo com os horários disponíveis no site. E ainda, há a possibilidade de uma visita guiada no Parlamento seguida de um tradicional chá-da-tarde com vista para o Rio Tâmisa!!! Veja o menu AQUI. 29 Libras por pessoa o Chá-da-tarde.

O parlamento (observe também o mapa mais abaixo, que então dá para você entender o que é o Parlamento na foto, o que é a Torre Elizabeth (Big Ben), a Torre Victoria, o que é a Abadia de Westminster, etc.), em 1987, ele foi a primeira construção de Londres a receber o título de Patrimônio Mundial da Unesco, lembrando que na cidade são quatro (o Parlamento de Westminster, a Abadia de Westminster, a Torre de Londres, Greenwich Marítima e o Royal Botanic Gardens).

Palácio de Westminster visto da London Eye, em Londres, UK

O Parlamento examina o que o Governo está fazendo, além de fazer Leis, detém o poder de fixar impostos e debate questões do dia. A câmara dos comuns (ou House of Commons) e a Câmara dos Lordes, desempenham um papel muito importante no Parlamento. Veja o mapa abaixo, extraído do próprio site do Parlamento que possui um tour virtual super bacana. Acesse AQUI.

Fonte: http://www.parliament.uk/visiting/online-tours/virtualtours/

Torre de Londres (Tower of London)

  • St Katharine’s & Wapping, Londres EC3N 4AB (Metrô Tower Hill)
  • Patrimônio Mundial da Unesco
  • Ticket online 21 Libras para adulto (criança 9,50 Libras) / Entrada normal é 22,50 Libras
  • Funcionamento: 01 de março a 31 de outubro: domingo e segunda 10h às 17:30h; terça-feira a sábado 09:00 às 17:30 / 1 de novembro a 28 de fevereiro: domingo e segunda 10h às 16:30h; terça-feira a sábado 09:00 às 16:30h.
  • Você pode fazer uma visita com audioguia (4 Libras adulto* opcional) / ou esperar um tour guiado por um dos guardas da Torre (Beefeater). Logo que chegar na Torre, observe o horário do próximo Tour Guiado, e se possível aguarde.

Foi um dos lugares que a gente só passou do lado de fora, durante nossa visita em 2015, e desta vez, tivemos o privilégio de visitar com calma seu interior, que por sinal está incluso no London Pass (mas se você comprar online é um pouco mais barato). E como valeu a pena a visita! Para começo de conversa, é Patrimônio Mundial da Unesco, e talvez seja o melhor lugar para conhecer a história de Londres. Foi construída ao longo do Rio Tâmisa para ser uma Fortalezas (na verdade, se tornou uma das mais famosas do mundo), mas acabou servindo de Palácio Real, Prisão, Casa da Moeda, mostra de animais, e hoje, parece um mundo fora de Londres.

White Tower, da Torre de Londres

Estando lá, não deixe de visitar especialmente:

Este lugar é tão especial, que merece um post único, detalhado, com histórias, fatos e com muitas fotos! 🙂 Depois que fizermos todos os posts da viagem, a gente volta com um post exclusivo do local.

Tower Bridge

  • Tower Bridge Rd, London SE1 2UP (Metrô London Bridge Station)
  • Foi inaugurada em 21 de junho de 1894, era a única travessia sobre o Rio Tâmisa naquela época e acabou se tornando um dos pontos mais visitados e fotografados da cidade;
  • Passeio Gratuito;
  • Tower Bridge Exhibition, atração paga à parte (8 Libras adulto online / 3,50 Libras crianças online) Ticket AQUI (Entrada gratuita pelo London Pass + Fast Track).
  • Apesar de tudo, é uma ponte de importante tráfego londrino;
  • Filmes que tiveram cenas gravadas na Tower Bridge: O Diário de Bridget Jones; 007; O Mundo Não é o Bastante; O Retorno da Múmia; Kuroshistsuji e Sherlock Holmes (Fonte: Wikipedia).
Tower Bridge, Londres

A Tower Bridge, inaugurada em 1894, é uma ponte-báscula (aquelas que se elevam quando há a necessidade de barcos passarem), foi construída sobre o Rio Tâmisa, e apesar de ser uma das pontes mais utilizadas para o tráfego na cidade, acabou se tornando uma das principais atrações em Londres. Mas merecidamente ela se tornou uma das principais atrações da cidade: é estupenda, maravilhosa! Não deixe de atravessá-la e apreciar toda a sua extensão e detalhes.

Das duas vezes que estivemos na cidades não tivemos a sorte de ver sua elevação. Isso por quê não acontece todo dia e hora. Veja AQUI os dias e horários que isso ocorre para se programar e não perder esta oportunidade que, de certa forma, é um show à parte.

Por falar em show, suas passarelas foram fechadas e se tornaram a Tower Bridge Exhibitionuma exposição permanente sobre a história da ponte, que, inclusive possui a Glass Floor, um piso de vidro a 42 metros acima do Rio Tâmisa, incluso gratuitamente no London Pass. Mas quem não adquiriu o passe, a atração online custa 8 Libras, e você pode aquirir AQUI.

Big Ben

  • Westminster, Londres SW1A 0AA (Metrô Westminster Station)
  • Big Ben é o relógio localizado na Elizabeth Tower;
  • Elizabeth Tower está localizada no complexo do Parlamento de Westminster;
Vista para a Elizabeth Tower e Big Ben, em Londres
Umas das fotos mais tradicionais em Londres. Da última vez, tinha até fila para uma foto como esta.

Apesar de Big Ben ser o nome que se remete à Torre do Parlamento de Westminster, o nome verdadeiro da torre é Elizabeth Tower (rebatizado em 2012), e não Big Ben. Big Ben é apenas o belíssimo relógio construído em estilo neogótico, instalado em 1859, que é o segundo maior relógio de quatro faces do mundo.

St Paul Cathedral

  • St. Paul’s Churchyard, London EC4M 8AD (Metrô St. Paul Station)
  • Ticket de entrada 18 Libras adulto (se comprar online economiza 2 Libras, compre AQUI)
  • É a sede do Bispo de Londres;
  • Um belíssimo cartão-postal da cidade e possui a segunda maior cúpula do mundo;
  • Local onde o Príncipe Charles casou-se com a Princesa Diana, em 1981;
Catedral de São Paulo (St. Paul Catedral), Londres

A Catedral Anglicana de São Paulo (ou St. Paul Cathedral) é uma das igrejas mais importantes de Londres. Foi lá, neste mesmo local, que em 604, foi construída em madeira a primeira igreja da Inglaterra, e existem inúmeros outros fatos que valerá cada centavo da sua visita.

Veja mais detalhes sobre a Catedral de São Paulo, além do horário de visita, AQUI.

Abadia de Westminster

  • 20 Deans Yd, Westminster, London SW1P 3PA (Metrô: Westminster Station)
  • Patrimônio Mundial da UNESCO
  • Igreja Gótica do Colegiado de São Pedro em Westminster, também conhecida como Abadia de Westminster;
  • Local de coração de monarcas, sepulturas e memorial para muitas figuras históricas dos últimos mil anos de história britânica;
  • Foi o local do casamento do Príncipe Willian e de Kate Middleton.
  • Ticket 20 Libras (Compre o ticket online AQUI), gratuitamente pelo London Pass.
Abadia de Westminister, Londres (Vista de outro ângulo)

A Abadia de Westminster, desde 1066, vem sendo o local da coroação da nação, inclusive a Rainha Elizabeth II (a atual) foi coroada no trono do Rei Edward. E não é famosa só pela coroação, mas pelo fato de que Sir Isaac Newton e Charles Darwin foram sepultados lá, além de reis, rainhas e de outras personalidades importantes tanto para a história quanto para a ciência.

E a Abadia ficou também muito conhecida depois de realizar o casamento do Príncipe William e de Kate Middleton, em 2011.

Abaixo, o vídeo do casamento na íntegra do Príncipe William e de Kate Middleton na Abadia de Westminster, no qual, além da belíssima cerimônia de um casamento Real, nele é possível ver detalhes incríveis da Abadia, já que não é possível tirar fotos do seu interior para postar para vocês.

Horário de visita: de segunda-feira a sábado, 09:30h às 15:30h, quarta-feira aberto até às 18h. Mas é bom conferir diariamente o horário de funcionamento, pois algum dia pode não estar funcionando. Confira AQUI.

Valor do Ticket para a visita: 20 Libras adulto (com o London Pass é gratuito). Agora existe uma possibilidade de visitar gratuitamente a Abadia, que é durante Evensong, que é um coral (semelhante a uma missa cantada), mas você não pode caminhar livremente como é feito na visita autoguiada. E um detalhe muito importante: os valores destas contribuições são exatamente para ajudar na manutenção da Igreja. Então, quando você paga o ticket, você tem a possibilidade de ver com calma os detalhes da da Abadia de Westminster, e ainda contribui com a sua manutenção. O mesmo para a Catedral de São Paulo.

Veja o Site Oficial da Abadia de Westminster AQUI.

Palácio de Buckingham

  • Buckingham Palace, London SW1A 1AA (Metrô Estação Victoria)
  • Residência Real;
  • Local onde ocorre diariamente, às 11:30h, a troca de guarda de maio a julho, e em dias alternados no restante do ano. A cerimônia de troca de guarda não ocorre sobre chuva forte, e pode cancelar sem aviso prévio. Acompanhe os dias e horários AQUI;
  • Também pode ser realizada visita em seu interior, tour AQUI.
The Mall e o Palácio de Buckingham ao fundo
Palácio de Buckingham, Londres

O Palácio de Buckingham é a residência da Rainha Elizabeth em Londres. O edifício remota-se ao início do ano de 1700, e somente em 1837 tornou-se a residência oficial Britânica. É um belíssimo Palácio, que inclusive visitantes podem conhecer o seu interior durante um período curtíssimo no verão (já que a família Real utiliza normalmente o Palácio). O Visit Britain Shop realiza a venda dos tickets para a visita AQUI. E se pretende visitar, fiquem ligados, pois é somente durante uma parte do mês de agosto e o final de setembro.

Sobre a troca de guarda no Palácio de Buckingham, é a mais tradicional substituição dos guardas que protegem os Palácios Reais. Mas não é a única! Em Londres, são duas: no Palácio de Buckingham, outra na Horse Guards Parede, e, no Castelo de Windsor. Também existe a troca de guarda da Torre de Londres.

No mapa abaixo, do site da mudança de guarda, dá para ver como funciona essa troca. Há um deslocamento de guardas (New Guards) do St. Jame’s Palace que marcha pela The Mall (uma avenida que colocamos a primeira foto lá em cima) até o Buckingham Palace onde encontrarão os outros guardas (Old Guards) para fazerem a troca.

Fonte: Change Guard

É um trajeto muito curto e que é realizado (na verdade, guiado), ao som de uma banda de baterias. Como tinha coisa de mais para ver, e gente de menos (eu e o Fábio), a gente acabou separando para conseguir registrar mais momentos. Eu fiquei próximo ao Palácio de Buckingham, vendo a movimentação dos guardas (Old Guards) que preparavam para entregar as chaves do Palácio para os novos que chegavam. E o Fabio mais próximo ao The Mall, que foi o melhor lugar. Vejam a muvuca que fica em frente ao Palácio! E eu acabei cedendo meu lugar para as crianças que ficam super ansiosas para ver o que está acontecendo e não conseguem por falta de tamanho e espaço.

No momento da Troca de Guarda, no Palácio de Buckingham

A troca de guarda acontecia às 11:30h, mas a partir de 16 de janeiro, passou a acontecer 30 minutos antes, ou seja, às 11:00h (veja o horário oficial AQUI), mas você pode chegar mais cedo que isso (em torno de uma hora), para garantir o seu lugar! O melhor lugar é em frente ao Victoria Memorial (aquela pequena rotatória em frente ao Palácio de Buckingham).

Lembrando que os Guardas da Rainha (estes de chapéu preto, casaco vermelho, luvas brancas e calça preta), são guardas (não são de enfeite), então merecem e devem ser tratados com todo o respeito. Pode tirar fotos, mas sem exageros! 😉

Maiores detalhes sobre a troca de guarda, clique AQUI.

Talfagar Square

  • Trafalgar Square, London WC2N 5DN;
  • Uma das principais praças de Londres;
  • Onde está localizado o famoso monumento “Nelson’s Column”, ou a Coluna de Nelson;
Talfagar Square, Londres

É uma praça muito importante para a cidade de Londres, pois é justamente nela que celebra a Batalha de Talfagar, que foi uma vitória Real Britânica nas Guerras Napoleônicas. No centro do Praça há o Monumento de Nelson, que morreu na Batalha de Talfagar em 1805. No entorno da praça, também está localizada a famosa Galeria Nacional, com mais de 2000 pinturas da Europa Ocidental da Idade Média ao Século XX.

E é na Talfagar Square que fica a maior árvore de natal de Londres, que é um presente de Natal da cidade de Oslo, na Noruega.

Passeio de barco pelo Rio Tâmisa (Thames River Boat Cruise)

  • Saída do Westminster Pier, em frente a London Eye (Metrô Westminister Station)
  • Entrada e saída do barco por 24 horas com o London Pass
  • Ticket 18 Libras adulto / 9 Libras criança
Rio Tâmisa (Thames River) e a Tower Bridge ao fundo

O Rio Tâmisa atravessa a cidade de Londres e é um passeio que vale muito a pensa na cidade! Pensando nisso, o Thames River Boat Cruise é realizado em um barco para todas as estações do ano, e você pode passar pelos principais pontos da cidade, e vê-los através de outro ângulo. Os principais pontos do passeio são: Cutty Sark, Canary Wharf, a Tower of London, a Tower Bridge, o aposentado navio de batalha HMS Belfast; Shakespeare’s Globe, a Tate Modern, a Ponte do Millenium, o Big Ben, a Westminter Abbey.

Se você não tiver adquirido o London Pass, veja mais sobre os passeios de Barco pelo Rio Tâmisa AQUI.

Bairros

Notting Hill

  • Bairro do distrito de Kensington e Chelsea, em Londres (Metrô: Notting Hill Gate);
  • Ficou conhecido pelo Filme “Um lugar chamado Notting Hill”;
  • Aos sábados, pela manhã, acontece a Portobello Market, uma feirinha super bacana.
Notting Hill, London

Notting Hill é um bairro do distrito de Kensington e Chelsea, em Londres, que fica ainda mais conhecido depois do filme britânico “Um lugar chamado Notting Hill”, onde o casal formando pelos atores Julia Roberts e Hugh Grant passa por alguns pontos de Notting Hill, especialmente onde tudo começa: uma  livraria em que o personagem de Hugh Grant era dono. Mas das duas vezes em que estivemos na cidade não conseguimos visitar a livraria, que só serviu para inspiração, e que não foi utilizada na locação do filme. Se quiser passar lá, ela chama-se”Notting Hill Bookshop“, e está localizada na 13 Blenheim Cres, London W11 2EE.

Mas não deixe de visitar o bairro que é um charme, cheio de casas coloridas, e que aos sábados, abriga a Portobello Road, o mercado que tem de tudo! Abaixo, comentamos melhor sobre a feira. Nosso roteiro em Notting Hill foi:

  • Descemos na Estação Notting Hill Gate
  • Recipease Jamie Oliver (92-94 Notting Hill Gate, London W11 3QB), que vende várias coisas para os amantes de culinária, e para refeições também, comi uma deliciosa quiche de salmão (a melhor quiche da vida!!!), além de ser uma escola de culinária. Super bacana!
  • Viramos na Pembridge Road, onde já começam algumas lojinhas bem bacanas;
  • Portobello Market
  • Eletric Cinema: um cinema luxuoso, com sofás de pelúcia, encosto de cabeça, mesas laterais e ainda o serviço oferecido.

Vejam como ficou nosso roteiro:

Em agosto, em Notting Hill, acontece um carnaval de rua, que além de ser super divertido, acaba enchendo a região. Visit London dá todas as dicas para quem deseja curtir esta data, além de explorar ainda mais a região. Acesse AQUI.

Camden Town

  • Camden Town é um distrito do Centro-Norte de Londres (Metrô: Camden Town Station)
  • Pode ser considerado o bairro com os indivíduos mais exóticos de Londres;
  • Local onde cresceu Amy Winhouse.
Camden Market, London

Camden Town desde 1790 é uma área residencial de Londres, mas com o desenvolvimento do transporte, do movimentado Canal, e do Mercado, transformaram Camden Town em um dos lugares mais movimentados da cidade. E foi lá que encontramos um dos mercados que mais gostamos! Veja o post que o Fábio fez AQUI.

Estátua da Amy Winehouse, em Camden Town, Londres

Veja mais informações sobre o Visit London AQUI.

Mercados em Londres

Visitamos três mercados em Londres que adoramos: Portobello Market, Borough Market e Camden Market. Portobello e Camden são mercados mais parecidos, com muita barraquinha de antiguidades, de souvenir, de artigos para presentes, de artigos diferentes que, provavelmente vocês não encontrarão em nenhum outro lugar (e os preços também são bem mais em conta que em qualquer outro lugar), além de várias barraquinhas com comidas (daquelas que você diz: “vamos parar nesta aqui também? E nesta? E nesta?”). Já o Borough Market é um mercado gourmet de excelente qualidade, que possui grande foco em produtos orgânicos. Ambos são muito agradáveis e merecem ser visitados.

Portobello Market

  • Localizado na Portobello Road aos sábados, das 10h até por volta das 18h (Metrô: Notting Hill Gate)
  • Um dos maiores mercados de antiguidades do mundo, com mais de 1.000 revendedores;
  • Vá por volta das 10h, até às 14h, que é a hora que ainda está cheio de comidinhas boas! Depois muitas das barracas ficam sem produtos.
  • Leia sobre a história do Mercado AQUI.
Portobello Market, Londres

Borough Market

  • Borough Market, 8 Southwark Street, London SE1 1TL (Metro: London Bridge Station)
  • Mercado mais antigo de Londres.
Borough Market, Londres

O Borough Market possui cerca de 70 barracas com produtos de alta qualidade, onde é possível apreciar e degustar deste frutas e verduras fresquíssimas, até “produtos gourmet” do mundo inteiro, como patês, linguiças, pães, queijos e até azeites. Leia mais sobre o mercado AQUI.

Borough Market, London

E o mercado de Camden Town, que o Fábio comentou melhor no post que publicaremos AQUI.

Museus

Existe uma grande quantidade de museus em Londres, com uma grande quantidade de artistas importantes em sua mais diversa forma de expressão (ou seja, é museu para todo tipo de gosto), sendo que muitos deles são gratuitos. Os mais visitados e procurados pelos turistas são: British Museum, National Gallery, Natural History Museum, Science Museum e Victoria and Albert Museum.

Por enquanto conseguimos visitar somente dois museus desta lista acima. Mas como vamos voltar em Londres por muitas outras vezes, vamos visitar pelo menos dois em cada vez que voltarmos à cidade.

Museu Britânico

  • Great Russell St, Bloomsbury, London WC1B 3DG (Metrô: Tottenham Court Road Station)
  • Fundado em 1753, possui mais de 8 milhões de peças em seu acervo, de diversas partes do mundo.
  • Gratuito (exceto galerias especiais).
  • Aberto diariamente, das 10h às 17:30h, e às sextas-feiras, até as 20:30h. Veja horários completos e dias de fechamentos AQUI.
  • Reserve pelo menos meio dia para visitá-lo.
Museu Britânico, Londres

Museu de História Natural

  • Endereço: Cromwell Rd, Kensington, London SW7 5BD (Metrô: South Kensington Station)
  • Fundado em 1881, é uma excelente opção para quem estiver na cidade com crianças, também. Claro que é um museu para adultos. Mas as crianças amam este tipo de museu! Possui mais de 70 milhões de espécimes do mundo natural
  • Gratuito.
  • No final do ano, abriga uma das pistas de patinação mais lindas que já vimos! Clima super agradável e amistoso!
  • Aberto diariamente, das 10h às 17:30h, fechado de 24-26 de dezembro.
Museu da História Natural, Londres

Ruas

Existem algumas ruas em Londres que também são atrações e que não podem deixar de estar em seu roteiro. A Piccadilly Circus (na verdade é uma praça, ou uma junção), a Regent Street, a Oxford Street, e a Abbey Road.

Piccadilly Circus

  • Piccadilly Circus (Metrô: Piccadilly Circus)
  • Piccadilly Circus é uma famosa praça de Londres, onde se cruzam as seguintes ruas: Regent’s Street, Shaftesbury Avenue, Piccadilly e Haymarket.
  • Fomos bem cedinho e por isso ainda não estava inundada por turistas. Mas é um ponto turístico sempre muito cheio!
  • Ao redor da Piccadilly Circus ficam inúmeras lojas, inclusive, algumas das maiores marcas de lojas do mundo.
  • É uma área super agradável de Londres.
Piccadilly Circus, Londres
Piccadilly Circus, Londres

 No mapa abaixo, dá para ver como as ruas são perto, o que significa que é um passeio super agradável sair da Regent Street com destino a Oxford Street.

Regent Street

  • Regent Street (Metrô: Piccadilly Circus);
  • Excelente exemplo de planejamento urbano, pois foi desenhada pelo arquiteto John Nash.
  • Excelente lugar para compras, com grandes marcas.
Regent Street, Londres

Oxford Street (ou Oxford Circus), Londres

  • Oxford Street (Metrô: Oxford Circus Station)
  • Excelente rua para compras;
  • Fica linda na época do Natal;
  • Vejam as lojas AQUI.
Oxford Street, London

Abbey Road

  • Abbey Road (Metrô: St. John’s Wood Station)
  • Se você é fã dos Beatles, Abbey Road não pode ficar fora do seu roteiro em Londres.
  • O local ficou eternizado pela capa de disco dos Beatles, e aonde ainda está localizada a gravadora Abbey Road Studios.
Abbey Road, em Londres (local da capa do disco dos Beatles com o mesmo nome: Abbey Road)

Abbey Road, uma rua de Londres que ficou eternizada por ter sido capa do disco dos Beatles com o mesmo nome, Abbey Road, lançado em 1969, virou atração turística na cidade, especialmente para os fãs dos garotos de Liverpool. No dia que visitamos, um senhor muito simpático entregava gratuitamente um mapa com alguns pontos importantes do entorno, onde os “Beatles” costumavam frequentar, como cafeterias, etc. Faremos um post exclusivo para contar para vocês.

Mas a Abbey Road é uma rua e movimentada (eram raros momentos em que não passavam carros). E como trata-se de uma faixa de pedestres, os motoristas param para os pedestres atravessarem (e aproveitarem para tirar as fotos). Então, lembrem-se: não dá para aproveitar da situação e ficar fazendo mil e um selfies em uma rua utilizada pelos Londrinos para se locomoverem na cidade. Alguns acabam ficando bravos com os turistas, e com razão!

Vamos ser conscientes! 😉

Como chegar na Abbey Road: Desça na estação de metrô da St. John’s Wood Station, e então é só seguir algumas quadras a pé conforme o mapa abaixo:

Parques:

Londres também é cheia de parques lindos, não precisa nem dizer que são muito bem conservados e que ficamos apaixonados com todos os que visitamos, né? Cada um deles dá para fazer uma overdose de fotos, mas dois deles que vocês não podem deixar de visitar, é o Hyde Park e o St. James Park, que estão localizados na área central, e são muito fáceis de serem visitados. Até quem não quiser visitá-los, vão acabar saindo em um ou em outro em algum momento da viagem.

Hyde Park

  • Hyde Park (Metrô: Marble Arch Station ou Hyde Park Corner);
  • Parque Real de Londres;
  • Forma uma das maiores áreas verdes da cidade.
Hyde Park, Londres

Uma delícia de Parque na cidade, mas no dia que fomos estava com bastante neblina, apesar das folhas secas de outono darem todo o charme ao parque nesta época do ano.

Hyde Park lembra bastante o Central Park em Nova York, com pistas para caminhada, gente fazendo corrida, se exercitando, folhas secas (no outono), muito gramado e londrinos tomando sol no verão (não necessariamente no verão, basta um sol e um tempo não tão frio). Dedique meio período para caminhar sem compromisso para conhecer e fotografar alguns pontos do parque, por que nem tudo será possível, ele é bem grandinho!

Você pode aproveitar que é tudo bem pertinho, e conhecer o Green Park também, já que é a caminho do St. James Park.

St James Park

  • St. James Park (Metrô: St. James Park Station);
  • O mais antigo dos Parques Reais de Londres.
  • O parque é cercado por três palácios: Palácio de Buckingham, St. Jame’s Palace e o Palácio de Westminster.
  • Você pode encontrar vários Pelicanos na Duck Island.
St. James Park, London

Regent Park

Infelizmente não conseguimos visitá-lo. Mas é outro dos belíssimos Parques Reais na cidade. Veja mais informações AQUI.

E para saber sobre outros Parques Reais, acesse AQUI.

Estadios de Futebol

Se você é um apaixonado por Futebol, em Londres, poderá visitar diversos estádios, inclusive, o Wembley Stadium, considerado o maior estádio da cidade, com capacidade para 90.000 torcedores. Pelo London Pass, sua visita sai gratuita, assim como a outros estádios como o Arsenal ou Chelsea FC

Wembley Stadium, Londres

Fábio está fazendo um excelente post sobre nossa visita ao Wembley Stadium. Logo que o post for publicado, atualizaremos AQUI.

Outras atrações que valem a pena visitar em Londres:

Pubs em Londres:

Fizemos um post com 6 Pubs para conhecer em Londres. Veja AQUI.

—————————————

Para ver mais informações sobre Londres, veja mais detalhes no site do Visit Britain e Visit London. Também gostei muito dos sites Mapa de Londres, Londres para Principiantes.

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »