Sanbona Wildlife Reserve: o melhor Safari próximo da Cidade do Cabo

Estivemos na África do Sul no último mês (março/2017), e na hora de confeccionar o roteiro, o Safari estava no topo da nossa lista de desejos e atividades imperdíveis para aquela viagem. Mas como tínhamos apenas doze dias no país, e nosso voo era de ida e volta através da Cidade do Cabo, não teríamos muito tempo nem pretendíamos pegar voo para sair da região de Cabo Ocidental. Então começou uma “batalha” para achar um Safari que fosse recomendado, próximo da Cidade do Cabo, zona livre de malária e que, de preferência, tivesse os famosos “Big Five”. Foi aí então que descobrimos o Sanbona Wildlife Reserve, que aqui também chamaremos carinhosamente de Sanbona Safari, que na verdade, preencheu vários pontos positivos para realizarmos uma visita, os quais vamos compartilhar aqui no blog.

O Sanbona Wildlife Reserve, como o próprio nome diz, não é um parque nacional, e por este motivo se diferente em alguns pontos que citaremos ao longo do post. Sanbona Safari é uma reserva privada localizada no Cabo Ocidental, na região do semi-deserto de Little Karoo (ou Klein Karoo, como também é conhecida), que também se diferente da Savana.

Neste post, vamos compartilhar somente sobre a reserva de Sanbona e os Lodges. Sobre os 4 Safaris veja AQUI.

Localização do Sanbona Wildlife Reserve:

Como chegar ao Sanbona Wildlife Reserve?

Antes de falarmos todas as informações sobre este lugar que voltamos completamente apaixonados, vamos explicar como chegar ao Sanbona Wildlife Reserve.

De carro: que foi o nosso caso. Preferimos alugar carro ao chegar na Cidade do Cabo (contamos AQUI). E assim, pernoitamos na noite anterior ao dia da nossa chegada em Sanbona na cidade chamada Swellendam (no hospedagem Marula Lodge), localizada a aproximadamente 75 km da entrada da reserva. Isso por que, na verdade, vinhamos da Garden Route e não teríamos tempo para chegar e fazer o primeiro Safari da diária no Sanbona, que seria às 16h. Vamos explicar melhor sobre estes detalhes de horários da diária e Safari do Sanbona.

A estrada é ótima, mas atualmente (neste mês que visitamos, março de 2017), tem uma obra na estrada para quem vai da Cidade do Cabo ao Sanbona. Então, pode atrasar um pouco o trajeto. Fique atento! Neste trecho, da Cidade do Cabo ao Sanbona, também tem a cobrança de pedágio em torno de 50R.

De ônibus + Uber ou Táxi: A empresa Citiliner realiza o roteiro da Cidade do Cabo até a cidade de Swellendam, 15:45h, 06:20h, demora cerca de 4h30, o valor de 325R/350R. Mas como este horário de 06:20h, chegará por volta das 11h em Swellendam, não será possível chegar em Sanbona a tempo do transfer interno até os lodges. Na verdade, eles realizam dois transfers de passageiros por dia, às 12:30h e outro às 16h. Mas 16h, é exatamente o horário do segundo Safari do dia, e tenho certeza que você vai fazer de tudo para não perder este Safari!

Então, de ônibus, o mais conveniente é também pernoitar na cidade de Swellendam (ficamos no Marula Lodge), e seguir no outro dia cedo, garantindo sua chegada antes das 12:30h, que é o horário do transfer até os lodges do Sanbona.

De motorista particular: para aqueles que não pretendem dirigir em mão-inglesa, nem utilizar o ônibus, podem contratar um serviço de motorista. E nós indicamos para serviço de transfer/motorista/guia na Cidade do Cabo e regiões, o Adriano D’Arienzo: e-mail adrianodarienzo@gmail.com e Whatsapp +27722585323.

Sanbona Wildlife Reserve

Sanbona Wildlife Reserve é a maior reserva privada de animais selvagens localizada na região do Cabo Ocidental, e com uma área de 54.000 hectares, onde seus depositários fielmente desenvolvem projetos para preservar a paisagem diversa e sensível dentro de Little Karoo, além de se esforçarem para combater e impedir que caçadores entrem na reserva.

Little Karoo não é Savana, como falamos, é um semi-deserto, na qual você vai se surpreender com toda a diversidade existente! Abaixo, uma prévia da paisagem vista da varanda do nosso quarto no Gondwana Family Lodgeonde ficamos alojados:

Vegetação de Sanbona Wildlife Reserve vista da varanda do quarto (vejam uma Leoa Branca no centro da foto)

Outro ponto positivo que achamos super interessante no Sanbona Wildlife Reserve é o ar de quietude e isolamento que o mesmo oferece. Para terem ideia desta dimensão, depois do portão de entrada da reserva  foram 31 km até o nosso Lodge.

E precisamos frisar que, além de ser um Safari próximo da Cidade do Cabo, ser uma reserva privada, onde seus depositários desenvolvem projetos para preservar o local e tudo que nela vive (e sobrevive), outro ponto forte que nos motivou a escolher o Sanbona Wildlife Reserve foi o fato de ser uma autêntica reserva onde vivem os “Big 5”.

“Big 5” ou “Big 5 Game” é um termo muito utilizado nos Safaris, assim como a palavra “game” (games, no plural) que são os safaris em inglês. “Big 5” são os cinco mamíferos selvagens mais difíceis de serem caçados pelos homens, que são: leão, leopardo, elefante, búfalo e rinoceronte.

E além dos famosos e temidos “Big 5”, Sabona Wildlife Reserve também é lar de leões brancos autossustentáveis, além de várias outras espécies!

Mas não existe somente esta região de semi-deserto que vimos nas fotos acima. Existem alguns lagos e poços ao longo da reserva, que mais parecem uma miragem para os animais, além da Barragem de Bellair, que inclusive é possível avistá-la da varanda do Gondwana Lodge, que fornece um habitat natural para aves aquáticas dentre outros animais.

E não são só animais que são possíveis ver no Sanbona Wildlife Reserve. Existem sítios de arte rupestre que remontam mais de 500 anos na reserva, e ainda, é um dos melhores lugares para observar estrelas na África Austral. No último dia que estivemos no Sanbona, nossa guia Brenda nos deu uma verdadeira aula sobre as estrelas e constelações, quando tivemos a oportunidade de ver “a olhos nus” o Planeta Júpiter.

Sanbona Wildlife Reserve, África do Sul

Para finalizar com chave de ouro os motivos pelos quais escolhemos o Sanbona Wildlife Safari, foi pelo fato de que o mesmo está localizado em uma zona livre de malária. A Malária é uma doença causada por um parasita transmitido pela picada de mosquitos infectados. Então, é muito importante escolher um Safari que esteja em uma zona livre de malária (isso não significa que os repelentes devem ficar de lado, ao contrário!).

Welcome Lounge

Fomos de carro e o deixamos no estacionamento coberto do Welcome Lounge do Sanbona Wildflife Reserve, que é como se fosse seu “lobby”. Depois de um chá, suco, água, biscoitos, seguimos viagem para nossos lodges. E no caminho já encontramos alguns Oryx.

Welcome Lodge do Sanbona Wildlife Reserve

O Transfer do Sanbona ocorre duas vezes ao dia: às 12:30h e às 16h. Então, se vocês utilizarem o transfer do Sanbona, sugerimos que seja o de 12:30h, para poderem aproveitar o Safari das 16h, e assim curtir o máximo da sua diária (Obs.:  você poderá entrar às 12:30h (mas o check in é às 14h) e sair às 11h, do outro dia).

Quanto Tempo Fazer um Safari?

Nós ficamos dois dias e fizemos 4 safaris (dois pela manhã, e dois à tarde, sendo que dois deles foram drive safari, e os outros dois foram boat safari e walking safari). E ao final achamos que três dias seriam suficientes.

Em um dia no Sanbona, será muito corrido e será possível fazer apenas dois safaris, um à tarde e outro pela manhã. E na verdade, isso é complicado por que não quer dizer que você verá todos os animais que quer nos dias que fizer o safari. Dos “Big 5”, vimos apenas 3: leão, elefante e rinoceronte. Mas em compensação, vimos vários outros animais que não imaginávamos encontrar.

Então, dois ou três dias é o tempo suficiente para ver conseguir ver melhor os animais. Isso por quê, vocês vão ver também que tem até uma luz especial para ver melhor os animais e conseguir fotografá-los. Nós, por exemplo, só conseguimos boas fotos das girafas na terceira vez que a vimos.

Conclusão, três dias são ideais para fazer um safari.

O que você precisa saber antes de fazer a sua reserva no Sanbona?

Listamos alguns pontos que você precisa entender antes de fazer sua reserva no Sanbona Wildlife Reserve:

  • É uma reserva privada (não é um Parque Nacional, como é o Kruger Park);
  • Fica em uma região de semi-deserto (não é savana);
  • Não é permitido fazer Self-Safari (você só entra no Sanbona se tiver uma reserva para se hospedar nos Lodges, que inclui hospedagem, alimentação e safaris);
  • Reserva com Big 5 e leões brancos autossustentáveis;
  • É uma zona de Livre Malária (ótimo para crianças, também);
  • Sanbona possui três lodges e um camp de luxo, sendo que apenas um lodge (Gondwana Family Lodge é exclusivo para família com crianças, lembrando que crianças com menos de 4 anos não são permitidas nos safaris, por este motivo, existem atividades exclusivas para as mesmas);
  • O valor das diárias inclui hospedagem + alimentação completa + 2 safaris por dia;
  • Quando você chega no Sanbona, recebe um guia para seu grupo (o mesmo) que será o seu guia e grupo de todos os Safaris. Isso foi ótimo pois acabamos criando um laço com a nossa guia Brenda e o nosso grupo, e tornou nossa experiência mais exclusiva.

Os Lodges:

O Sanbona Wildlife Reserve possui três lodges (Dwyka Tented Lodge, Gondwana Family Lodge, Tilney Manor e um Explorer Camp, que é um “camping” de luxo. Nós ficamos hospedados no Gondwana Family Lodge, que é o único lodge que recebe famílias com crianças, inclusive.

Gondwana Family Lodge, ao fundo

O Gondwana Family Lodge possui 12 suítes de luxo, que foram planejadas especialmente para abrigar famílias com crianças. Mas os quartos abrigam no máximo uma criança (possui um sofá cama), e conforme informação do hotel, dependendo do tamanho da criança, eles conseguem acomodar até duas no mesmo sofá/quarto, com os pais. Mandem e-mail para reservations@sanbona.com e se informem melhor sobre a idade da sua criança.

Gondwana Família Lodge (nosso suite era a primeira da esquerda, no segundo andar, com varanda)

As suítes são muito espaçosas! O nosso tinha uma cama king (a cama pode variar para as outras suítes), mas todos possuem ar condicionado, cofre, mini bar, chá e café, telefone com chamada internacional, banheiro privativo com uma banheira linda e muito charmosa, com vista para Little Karoo!

Suíte Gondwana Family Lodge (Sanbona Wildlife Reserve)

Vocês não imaginam como é maravilhoso curtir esta banheira depois do Safari da manhã, ou antes do Safari da tarde, e ainda mais com esta vista para o semi-deserto. A ducha também é ótima!

Gondwana Family Lodge, Sanbona

Também achamos muito prático nos locomover dentro do próprio Lodge (não me refiro à reserva, que é necessário carro e guia). Claro que isso se deve ao fato que estamos em um alojamento remoto, dentro de uma reserva com animais selvagens, que, por questões de segurança, não dá para ficar colocando pontos espalhados para os hóspedes se locomoverem. Mas achamos tudo muito perto para ir: da suíte para o restaurante, do restaurante para o lobby, do lobby para a piscina, da piscina para a suíte, da suíte para o Spa, da suíte para o espaço kids… Tudo muito perto entre si, e e ambos envoltos a uma cerca elétrica, que mantem o Lodge protegido dos animais.

O Gondwana possui uma piscina linda, em um espaço super aconchegante para curtir o momento antes do safari, ou pós-safari. E o que a gente achou super engraçado é que, apesar do calor do semi-deserto, a piscina não é aquecida e a água é bem fria. Mas nada que você não acostume! 🙂 O Fábio e o nosso novo amigo Allan, de Boston, conseguiram entrar. Mas tanto eu, quanto a Rachael, esposa do Allan, ficamos curtindo só a borda da piscina.

Piscina do Gondwana Family Lodge

Apesar da água mais fria, a piscina do Gondwana também possui uma parte que é ideal para crianças. Mas criança adora água, mesmo mais fria, não é mesmo?

Na mesma área da piscina, próximo ao restaurante, fica uma área com sofás, puffs, cadeiras, uma delícia para sentar, descansar, ler um livro, e como é um lodge localizado em uma área bem afastada da reserva, este é o melhor lugar quando se quer acessar a internet.

Na mesma área da piscina e sala-de-estar do Gondwana, também fica o salão do restaurante, onde as refeições são servidas. Este é um ambiente muito agradável e comum do hotel. E na verdade, nunca fica cheio de pessoas, por que este Lodge possui apenas 12 suítes.

Gondwana Family Lodge, Sanbona Wildlife Reserve

Vários seguidores das redes sociais perguntaram o que pode ser feito no Sanbona além dos Safaris. Explicamos que, na verdade, por tratar-se de uma reserva não tem muita coisa para fazer. E às 22h, todos os hóspedes já estão dormindo para acordar bem cedo no outro dia para o Safari das 06h ou 06:30h (dependendo da época que visitarem). Então, o que se tem para fazer é curtir a piscina, tomar um bom vinho à noite, observar as estrelas e , durante o dia, aproveitar os serviços oferecidos no Spa.

São vários tratamentos, e muitos deles com preços bem acessíveis.

O espaço kids do Gondwana Family Lodge é bem temático, e todo arrumadinho para as crianças! Eles podem curtir livremente este espaço, ou podem fazer o programa Crianças no Safari.

Espaço Kids do Gondwana Family Lodge
Espaço Kids do Gondwana Family Lodge

O Gondwana possui uma loja de artigos de presentes e souvenirs. E se esqueceu alguma coisa e precisar de algum produto com uma pashmina, um chapéu, etc., dá para comprar lá e pagar no momento do check out.

Por falar em produto de urgência, perdi meu protetor labial em algum lugar da viagem, e só percebi quando chegamos no Sanbona. E no post exclusivo do Safari, vamos falar dos itens essenciais (o que levar), e o protetor labial é um deles. Infelizmente tive até febre nos lábios, devido ao vento durante o Safari, e a primeira coisa que fiz foi procurar na loja do Sanbona se tinha algum protetor para venda (pois batom não adianta).

Gentilmente, o Johan me falou que no outro dia eu poderia resolver isso no Spa. Acabou que saímos cedo para o Safari, chegamos para o café-da-manhã, e com tanta novidade, nem me lembrava mais do que ele tinha falado. Até que a atendente do Spa trouxe uma pomada maravilhosa para meus lábios (African Potato) e que resolveu meu problema. Quando olhei para trás, estava Johan apenas acenando com a cabeça como se me dissesse: “não esqueci do seu problema”. Achei isso tão dedicado, tão atencioso da parte dele e consequentemente do Sanbona, pois isso retrata exatamente a maneira que eles veem e tratam seus hóspedes: com respeito e solicitude. Thank you Johan! 🙂

Alimentação

Quando vimos o plano de alimentação incluso na diária do Sanbona, pensamos que talvez poderíamos sentir fome em alguma intervalo das refeições. Mas vocês não tem ideia de como é farta cada umas das refeições. E na verdade, aconteceu completamente o contrário, ficamos muito satisfeitos!

O valor da diária inclui dois safaris (games), café-da-manhã (você tem um pré-café, antes do safari, um lanche durante o safari, e na volta um super café-da-manhã), almoço, jantar, chá, café, água, bebidas do safari, imposto do turismo e IVA 14%. Todas as demais bebidas são excluídas da diária. Mas não achamos nenhuma bebida cara. Bebemos excelentes vinhos, a preço justo!

Café-da-manhã

Fomos em março de 2017, e o Safari da manhã era as 06:30h. Então, acordávamos às 06h, e antes de sair para o Safari, você faz um breve “desjejum” (café, leite, chá, muffins, frutas). Quase no final do Safari da manhã, por volta de umas 08:30h, o guia (a a nossa guia era a Brenda), estaciona o carro do Safari em um lugar seguro, sempre aberto para que se tenha visibilidade, e a gente tomava um café ou chá, com alguns deliciosos cookies.

Hora do café no Safari da manhã, Sanbona Wildlife Reserve

Eu como muito pouco no café-da-manhã, só estes dois lanches já estavam de bom tamanho. Mas quando você volta para o Lodge, tem um super café-da-manhã, com buffet completo, e você ainda pode pedir opções especiais do cardápio, como omelete, tostadas, etc.

Refeições:

Tanto o almoço quanto o jantar eram refeições bem fartas e muito saborosas! E um detalhe que observamos muito importante, é que Gondwana Family Lodge oferece em seu menu uma refeição de carne, uma de frango ou peixe, e uma vegetariana. O cardápio é feito exclusivamente para aquele dia, ou seja, não tem um menu geral. Nós adoramos isso, pois sempre ficamos curiosos para saber o que será o cardápio daquele dia.

No dia que chegamos no Sanbona, deixamos nossas coisas no quarto, e descemos para no primeiro almoço no restaurante do Gondwana, que já começou nos surpreendendo:

E no momento do almoço, já escolhemos as bebidas para o Safari da tarde, que são incluídas na diária, como Black Label, Windhoek Lager, vinho branco, vinho tinto, refrigerantes, água, e outras mais,

Bebidas e snacks no safari da tarde, do Sanbona

E também já escolhemos nossas refeições para o jantar, que por sinal, foi outra refeição deliciosa e super farta!

(Observe que você come às 06h/06:30, depois às 08:30h, depois às 09h/09:30h, no café-da-manhã, depois o almoço é servido a partir das 13h até as 15h), tem uns snacks no safari da tarde, por volta das 18:30h, e um jantar às 20:00h/20:30h).

Entradas com melancias e molha especial

No dia seguinte, nosso almoço em nada nos decepcionou novamente: farto e delicioso!

Nossa última noite no Sanbona Wildlife Reserve foi muito especial! Neste dia, não perguntaram sobre nossas escolhas para o jantar. Assim, depois que voltamos do Safari da tarde, fomos informados que era noite de Braai (típico churrasco sul-africano). E este é o local de Sanbona onde eles preparam o Braai:

Gondwana Family Lodge

Mas tudo já estava no salão do restaurante, à disposição dos hóspedes e servido no buffet. Nem precisamos dizer que eles nos surpreenderam uma vez mais com um churrasco de carnes nobres, e assim, escolhemos o Braai de carne Avestruz, com o buffet de salada, e mais um delicioso vinho tinto. Por fim, várias sobremesas deliciosas!

Abaixo, ambiente super agradável da nossa última noite no Gondwana Family Lodge, onde nossa guia Brenda sentou-se à mesa com todos do grupo (éramos três casais no total), fizemos uma resenha do dia que havia sido muito especial, pois tínhamos feito um walking safari para ver um Guepardo, e ao final, ela nos levou para observar as estrelas.

Gondwana Family Lodge

No retorno dos Safari ao Lodge:

Toda vez que retornávamos dos Safaris, estavam ou o Joham ou a Martshu nos aguardando com toalhas (frias ou quentes, dependendo da hora do safari), água (still ou sparkling), e quando era no safari da tarde, tinha suco típico da região, vinhos (inclusive do Porto), Amarula e chá. Eles pensam em todos os detalhes para que você se sinta confortável e bem-vindo quando voltar ao Lodge 🙂

Bebidas servidas no pós Safari do Sanbona Wildlife Reserve

Para não ficar tão extenso, e não correr risco das fotos demorarem a carregar, vamos compartilhar as experiências de cada Safari AQUI. Mas para terem ideia de como foi no experiência, vejam o que vimos a poucos metros da varanda do nosso Lodge: uma família de leões brancos e tawny, que ainda passaram a noite por ali, por que estavam caçando, e tivemos o prazer de dormir com o rugido do líder do grupo. Experiência única!

Leões em frente à varanda do quarto no Sanbona Wildlife Reserve (na hora que a Leoa nos viu!)

Como reservar no Sanbona Wildlife Reserve?

Para realizar reservas no Sanbona Wildlife Reserve, você pode realizar diretamente no SITE, ou encaminhar um email para reservations@sanbona.com

Gostaria de frisar que não é uma experiência barata, e os valores variam muito de acordo o dia da visita. Mas tenha certeza que foi dos momentos mais incríveis que vivemos até hoje e valeu muito!

******

Frisamos ainda que estivemos à convite do marketing do Sanbona Wildlife Reserve, ou seja, foi uma estadia de imprensa/blog, mas isso em nada alterou ou influenciou nossa opinião sobre o lugar. Todos as informações aqui repassadas são reais e relatam nossa própria experiência.

Nosso grupo de Safari no Sanbona Wildlife Reserve e nossa Guia Brenda

Gostaríamos de agradecer ao Sanbona Wildlife Reserve por receber o Blog Viagens e Vivências, nestes dois dias inesquecíveis! Agradecemos a todos os envolvidos durante nossa estadia: Martshu, Johan, Brenda, Daniel, Buli, Emile, e ao Team Pete 🙂 Thank you!!!!!

—————————————————————————–

Sanbona Wildlife Reserve

Main Gate, Sanbona Wildlife Reserve, Barrydale

Reservas: AQUI  ou pelo e-mail reservations@sanbona.com

 

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

2 comentários em “Sanbona Wildlife Reserve: o melhor Safari próximo da Cidade do Cabo

  • 9 de agosto de 2017 em 11:37
    Permalink

    Ola, gostaria de saber se os preços das diárias do hotel incluem o Safari. Se nao, qual o valor aproximado? Não consegui achar essa informação no site 😉

    Resposta
    • 9 de agosto de 2017 em 13:45
      Permalink

      Olá, Cecília!
      As diárias incluem hospedagem + alimentação e dois Safaris.
      O ideal é que você consulte no site, pois o valor varia bastante de acordo com as datas.
      Beijos, Fabi

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Content is protected !!