New Orleans, a Cidade do Mardi Gras!

Dia 12/02/2013, será, neste ano, um dos dias mais importantes em New Orleans. É o famoso dia do Mardi Gras, um dos carnavais mais famosos do mundo, que tem seu primeiro registro de ocorrência, datado em 1699. O Mardi Gras, que em francês significa ‘terça-feira gorda’, é muito esperado e conhecido por suas máscaras de gesso, colares e paradasd com bandinhas durante to o mês de Carnaval, sendo que na terça-feira é o dia mais importante, pois é o real dia do Mardi Gras. Veja programação no site do evento.
Conhecendo New Orleans…
Infelizmente, no dia 29 de agosto de 2005, New Orleans foi devastada pelo furacão Katrina, que se formou em Bahamas, e chegou na região de Louisiana deixando mais em torno de 1500 mortos, e a Cidade em caos! Foi um dos mais sérios furacões da região, atingindo de forma drástica a saúde e a segurança ao longo dos anos.

Estivemos em New Orleans em novembro de 2012, e pudemos observar que a cidade se recuperou, e, em grande parte, já fora reconstruída. Pouquíssimos resquícios de destruições podem ser observados na região.  
Magazine Street, uma rua de quase 10km de extensão
Por outro lado, New Orleans, mesmo estando dentro do território Americano, parece não ser Estados Unidos, a ressaltar-se pela Arquitetura, cultura, música, culinária… New Orleans é pura curtição, farra e alegria. 
New Orleans é uma Cidade com personalidade única. E uma curiosidade, sobre seu nome, que foi escolhido em 1718, pelos franceses, Nouvelle Orleans, em homenagem a Felipe, duque da Cidade de Orleans, na França. 
Meio de Transporte
Em diversos sites de pesquisa que procuramos saber acerca da Cidade, foi informado de que o meio de transporte público na região é bastante satisfatório. Mas como nos locomovemos na região de carro, não tivemos como utilizar o meio de transporte público para assegurar-lhes esta informação.
De carro, é bem fácil se locomover pela Cidade, sendo que, pela região de French Quarter a melhor forma de conhecê-la é andando a pé, descompromissadamente, vendo e observando cada cantinho.
Onde se Hospedar
A melhor Hospedagem, sem dúvida, é na área de Downtown, conforme mapa abaixo. Entretanto, como estávamos de carro, ficamos um pouco mais afastado do Centro, e, em 15 minutos, já estávamos no Centro. Mas para quem quer circular a pé, melhor ficar na região central.
O que fazer em New Orleans

French Quarter
Bourbon Street, French Quarter, New Oleans.
Em nada se parece com as cidades Americanas, mas com charme único! É o coração cultural de New Orleans. É uma área constituída de 6 por 13 quarteirões/quadras, com arquitetura detalhada, e o ponto de partida deve ser o Jackson Square, que é, nada mais nada menos, que a porta de entrada para o French Quarter.
A Jackson Square é inigualável em sua quantidade de músicos, cartomantes, agentes de viagens, e muitos turistas! 
Bourbon Street
Bourbon Street
Diz o ditado que “quem está na chuva é para se molhar”, então, estando em New Orleans, impossível não deixar de passar pelo “inferninho” da Bourbon Street, a rua das inúmeras casas noturnas, pubs, restaurantes… como comentei no post anterior sobre a vida noturna em New Orleans, é raro um local sem diversão lá. Cada portinha, cada entradinha, significa a passagem para um mundo de muita diversão! Vale a pena perambular pela maioria deles, sem compromisso com o tempo, mas com a diversão.

Magazine Street 
Magazine Street.
É a maior rua da região, com aproximadamente 10 km de extensão, com muitos bares, restaurantes, padarias. E um momento muito bacana de conhecer a vida da Cidade, observando a arquitetura das casas, os detalhes, a calmaria, em contradição com o miolinho de New Orleans, que é de pura diversão e agito!
Cidade Nova
Mas nem só do velho vive New Orleans. É só observar em volta a cidade, e o novo tenta se fazer reinar perante os bairros históricos. A Canal Street é composta pelas belas lojas, shoppings e prédios altos, contrastando com todo o Old do French Quarter. A impressão que tive foi que nem estávamos em New Orleans. Muito diferente! Mas vale a pena conferir. Para quem vai rodar a pé, a dica é deixar o carro no estacionamento do Shopping.
French Market 
O French Market é um mercado bem antigo da cidade, onde é possível encontrar artesanatos, comidas típicas e bebidas da região. Vale a pena fazer um passeio e adquirir alguma lembrancinha de New Orleans. Para conhecê-lo, utilize o trem que sai próximo do Hard Rock, na French Quarter.
Voodoo Museum
Apesar do nome soar bem estranho, vale a pena conferir e conhecer o Voodoo Museum e um pouco da cultura trazida pelos escravos africanos. Localizado na Dumaine Street, 724. Confesso que não me senti muito bem no local, mas por questões espirituais.
Passeio pelo Rio Mississipi
Navegando pelo Rio Mississipi, New Orleans
O passeio dura cerca de 2 horas, e navega nas águas do Rio Mississipi. É bacana por que você pode visualizar a Cidade de longe, ver as passagens, degustar a culinária de New Orleans, e prestigiar um show de Jazz, fornecido durante o passeio. Não recomendo que o passeio seja feito com o almoço incluso, porque se perde muito tempo fazendo a refeição, o que poderia estar sendo utilizado com as imagens do Rio Mississipi. 
Confira algumas das fotos de nossa passagem por New Orleans…

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

2 thoughts on “New Orleans, a Cidade do Mardi Gras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »