O que fazer em Barbados? Dicas de passeios e atrações para conhecer a Ilha – Parte 2

No post anterior, descrevemos alguns dos passeios e atrações que realizamos em Barbados. E agora, vamos dar continuidade às informações e dicas.

Para saber sobre as dicas gerais de Barbados, acesse aqui.
Para saber sobre nossa hospedagem, acesse aqui.
Para saber sobre as praias de Barbados, acesse aqui.
Para saber sobre as atrações de Barbados, parte 1, acesse aqui.
Antes de ler sobre os passeios, lembrem sobre o aplicativo que recomendamos anteriormente, o Barbados Official Guide Travel, ele será muito importante para você localizar os passeios.




Inicialmente, o Visite Barbados disponibiliza em seu site um mapa bem bacana de Barbados, que dá para ter um boa visão da Ilha:

Barbados Concorde Experience:

É um programa imperdível e oportunidade única que você terá de “revirar” o icônico supersônico Concorde, que fazia a linha regular entre Londres e Barbados. Dentro da aeronave dá para imaginar um pouco do que era viajar em uma velocidade entre 2.300 a 2.600 km/h!!!! Mas infelizmente, o custo era muito alto tanto para passagens quanto para manutenção, o que acabou fazendo com que este tipo de aeronave encerrasse suas atividades.

 

Você pode entrar no Concorde, ver todos seus detalhes, e durante a demonstração da aeronave, eles mostram a poltrona que a Rainha Elizabeth sentou-se durante uma viagem, interessante observar, por exemplo, que não há a numeração 13 nas poltronas, suprimida por superstição, além de ver de perto a cabine do piloto, e até mesmo a carta de vinhos que era servida. Dá para ver também, os pontos negativos do Concorde, como o bagageiro extremamente pequeno, que acomodava pouquíssimas e pequenas bagagens. Imaginem só! Você paga uma fortuna para viajar em um Concorde, e mal consegue levar bagagem?


Local: ao lado da entrada do Aeroporto Internacional de Barbados (Grantley Adams)
Veja o site aqui.
Estacionamento gratuito no local.

Codrington College

Quando fomos conhecer as praias da Costa Leste de Barbados, ou seja, o lado mais selvagem da ilha, passamos em frente a este lugar encantador! E mesmo sem estar em nosso roteiro, decidimos parar e descobrir do que se tratava. E tivemos a grata surpresa de descobrir que se tratava da Faculdade de Teologia Anglicana mais antiga do Hemisfério Ocidental, tendo como modelo a faculdade de Oxford, e atualmente convertida em uma biblioteca e instalações de estudo.

O lugar é de uma paz exagerada! A energia é renovadora, e nós saímos revigorados! Se você puder, leve um lanche e aproveite as mesas que estão sob as árvores. Lugar maravilhoso para uma pausa depois da caminhada!

 

 

 

Mapa da localização de Codrington College

Veja mais detalhes no site.
Estacionamento gratuito no local.

George Washington House & Museum

Outro local para dar uma passadinha é na casa que serviu de residência para o primeiro Presidente dos Estados Unidos, em 1751. Você pode fazer uma visita guiada e ouvir as muitas histórias envolvendo George Washington e sua estadia, já que Barbados foi o único país visitado por ele fora dos Estados Unidos. Na saída, tem uma Cafeteria bem bacana!

Valor do ingresso: 10 dólares americanos
Acesse o site aqui.
Estacionamento gratuito.

Animal Flower Cave

É o ponto mais ao Norte de Barbados, que passamos depois de conhecer as praias da Costa Leste. O lugar é muito bonito, composto de uma caverna surpreendente para o Oceano Atlântico. Você paga em torno de 10 dólares americanos para descer as escadas até o local, que em dias calmos, é possível nadar nas piscinas naturais formadas!

 

 

O local tem um restaurante muito bacana, e uma lojinha de artesanatos. Para visitar o local da foto acima, não precisa pagar. Somente se descer na caverna.

 

Estacionamento gratuito.

Bridgetown:

Caminhar pelas ruas de Bridgetown e aproveitar para fazer compras é algo muito agradável para se fazer em Barbados. Mas nada além do que meio dia!

Bridgetown é a capital de Barbados, e a maior cidade do país! É o local que você encontrará com o maior número de bajans ou melhor, barbadianos, e até mesmo turistas, já que é um bom lugar para se fazer compras! Mas os preços são bem parecidos com os preços de Duty-Free que estamos acostumados a ver, mas também tem muita coisinha com o preço bom! A Broad Street é onde se concentra as melhores lojas.

Sobre compras: as compras em Barbados para os estrangeiros funcionam da seguinte forma, você apresenta o passaporte na compra de produtos importados e tem a isenção do imposto. 

É em Bridgetown, além de ficar a principal região comercial da ilha, também tem muitos mercados, restaurantes, museus, sítios históricos e prédios do governo. Vocês verão que é uma parte mais velha e bem movimentada!

 

 

Uma das melhores lojas para realizar compras é a Cave Shepherd que tem muitas grifes famosas! Não se esqueça de pedir os brindes e apresentar seu passaporte para desconto! E como é um Duty-Free, você compra e eles entregam no Aeroporto no dia da sua volta. Logo, deve chegar um pouco antes do horário para retirar suas compras, que estarão lacradas!

 

 

Vocês verão um ponto negativo de Bridgetown: é impossível estacionar nas ruas da cidade! Você não vê nenhuma vaga e parece que ninguém também retira seus carros das vagas! Rodamos muito, mas muito mesmo, até achar um grande estacionamento coberto e o único pago que vimos na ilha! Ele fica fica na Hincks Street, quase paralela com a Broad Street (e é bem barato). Não perca tempo tentando achar vagas! Vá direto para o Estacionamento. Vejam o prédio do estacionamento abaixo:

Outros lugares que vale a pena uma visita, mas que nós não fomos: alguma Destilaria de Rum, como a Mount Gay Rum que é a mais antiga da Ilha (1703) e oferece tour no estabelecimento com degustações. E por fim, duas Igrejas cheias de Histórias: St. James Parish Church e St. John’s Parish Church.Mais dicas de Barbados, acesse Visite Barbados.

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

2 comentários em “O que fazer em Barbados? Dicas de passeios e atrações para conhecer a Ilha – Parte 2

  • 8 de maio de 2015 em 15:13
    Permalink

    Adorei as dicas e saber que realmente a ilha tem muito mais do que praias! Passeio completo!
    Obrigado por compartilhar.

    Matheus Trindade

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Content is protected !!