Bate-volta às Highlands e Lago Ness, na Escócia

 

Fazer um passeio bate-volta às Highlands e ao Lago Ness é a melhor escolha para quem está com pouco tempo na Escócia, como nós dois estávamos.

 

Nosso tempo era curto na Escócia. E como a maioria dos viajantes inveterados, nosso desejo era de conhecer tudo, ou quase tudo, o que jamais seria possível. Escolhemos conhecer apenas Edimburgo e Glasgow, duas das principais cidades da Escócia, e tentar encaixar um passeio bate-volta às Highlands e ao Lago Ness. Depois de escolher as cidades, começamos a questionar de onde era o melhor lugar para realizar o bate-volta às Highlands e ao Lago Ness. E será que o melhor seria alugar um carro ou fechar o passeio com alguma empresa? Mas qual empresa escolher? Ou será que existe algum transporte público? Chegando lá, teríamos tempo para fazer o passeio de barco pelo Lago Ness?

São estas e outas informações que vamos compartilhar neste post, mas antes vamos falar um pouco sobre as Highlands e o famoso Lago Ness.

As Highlands ou Terras Altas da Escócia

Pensar nas Highlands e não pensar no Filme Coração Valente (Braveheart) é quase impossível! Sugiro muito que todos vejam o filme antes da viagem. No filme, retrata as Highlands como paisagem dramáticas com muitas montanhas, um tempo nublado e mais cinzento, vacas (lindas e de franja) pastando em campos verdes, escoceses com kilt, e claro, tudo ao bom som de uma gaita de foles.

 

De tudo isso, só não vimos o tempo ruim. Apesar do dia começar com muita neblina e de estar um dia frio, tivemos sol e céu azul, o que deixou ainda mais bonito e cênico o nosso passeio.

Mas afinal, o que são as Highlands? As Highalands, ou Terras Altas, são uma região montanhosa da Escócia, que antigamente era povoada pelo povo gaélico (Celtas que vinham da Irlanda) e Pictos, enquanto a outra parte, as Terras Baixas (ou Lowlands) já era povoada pelos Scots. De certa forma, ainda existem algumas diferenças da cultura e língua entre as Highlands e as Lowlands, mas coisas que nós, turistas, não conseguimos nem perceber.

O que percebemos por ali foi um lado místico das Highlands que só estando lá para entender ou sentir.

Por toda sua beleza, as Highlands já foram palco de vários filmes como “Coração Valente“, “Highlander“, atualmente, um seriado que vem fazendo bastante sucesso “Outlander“, o fofo desenho da menina ruiva “Valente”, dentre outros:

 

E a região acabou se tornando, também, palco para casamentos, já que possui belíssimos e românticos castelos.

Lago Ness, ou Loch Ness

Ir na Escócia e não conhecer este famoso lago, estava fora de cogitação! Foi um dos primeiros lugares que esbocei e fiz questão de incluir em nosso roteiro. E confesso que depois disso, fiquei ainda mais curiosa sobre a veracidade da história.

Acredito que a maioria das pessoas já ouviu falar no monstro do Lago Ness, ou Nessie, como também é chamado! Desde pequena, ouvia a história de um desconhecido e sombrio monstro que ocupava (ou será que ocupa?) as profundezas do Lago Ness. E ficava muito curiosa, se aquela história era ou não realidade.

O Monstro do Lago Ness é uma espécie de serpente ou réptil marinho que foi visto pela primeira vez em 565, através de relatos de um missionário. Mas foi somente em 1880, o primeiro relato autêntico da aparição de Nessie, quando um mergulhador foi procurar por um navio naufragado perto do Fort Augustus. Logo depois de iniciar seu trabalho e encontrar o navio, viu uma estranha criatura que estava sobre uma rocha, o que fez com que o mergulhador tomasse um susto e voltasse imediatamente para a superfície.

Depois deste relato, outras aparições foram divulgadas em 1923 e 1933, mas somente em 1934, foi que se teve a mais famosa fotografia do monstro tirada pelo cirurgião R.K. Wilson, e acabou ficando conhecida como Surgeon’s photo

Monstro do Lago Ness (Fonte: Wikipedia – Surgeon’s photo)

Entretanto, em que pese o fato deste registro ter se tornado a fotografia mais divulgada do monstro do Lago Ness, mais tarde, em 1993, foi divulgado que a imagem foi falsificada a partir de um pescoço de um submarino de plástico.

Mais tarde, em 2007, o técnico de laboratório Gordon Holmes fez um vídeo de uma criatura com cerca de 14 metros que deslizava sobre a água de uma maneira bem rápida. E mesmo sendo considerado verdadeiro, não pode ser considerado como prova da existência do monstro. Veja o vídeo abaixo:

 

Mas até hoje o monstro do Lago Ness levanta debates sobre sua existência ou não. Há várias histórias da turma que acredita, e há várias hipóteses e explicações para a turma que não acredita. Para quem quiser saber um pouco mais sobre o Monstro do Lago Ness, assista ao vídeo abaixo:

 

 

Tour pelo Lago Ness e Terras Altas da Escócia

Como mencionamos anteriormente, a gente não tinha muito tempo para conhecer melhor as Highlands, motivo pelo qual optamos por fazer um passeio bate-volta a partir de Edimburgo. E também escolhemos Edimburgo, pelo fato de que não encontramos passeios a partir de Glasgow (se alguém tiver feito algum, compartilhe conosco nos comentários abaixo).

Nosso Tour foi fornecido pelo Visit Britain, órgão que apoiou nossa viagem na Grã-Bretanha, mas que encontra-se disponível para venda no site do Visit Britain Shop (clique AQUI). O tour inclui ida e volta a partir Edimburgo em micro-ônibus, guia (idioma inglês) que ao longo do trajeto compartilha histórias e informações sobre os locais, além de um pequeno lanche durante o retorno.

O tour que se chama “Loch Ness and Scottish Highlands Tour – 1 Day (Highland Explorer) custa 44 Libras, valor por adulto, e pode ser adquirido clicando AQUI. Ao adquirir o passeio, você recebe um voucher por e-mail, e deve chegar com antecedência de 15 minutos do horário previsto, e apresentá-lo ao pessoal da empresa. A empresa fica na 60 Hight Street (na Royal Mile, em Edimburgo).

E este tour começa bem cedo e vai até o final do dia (8h às 20h). Passa por alguns pontos de interesse aonde é possível apenas avistá-los de dentro do ônibus, e depois faz duas pequenas paradas antes de chegar ao Lago Ness: uma parada para café-da-manhã e outra no famoso Glencoe. E ao final do dia, no retorno a Edimburgo, faz mais duas pequenas paradas, uma no The Commando Memorial e depois, outra parada para um pequeno lanche.

Pontos de interesse do Tour:

    • Stirling Castle (Castelo de Stirling)
    • Rannoch Moor
    • Glencoe (parada)
    • Ben Nevis
    • Fort Augustus (parada)
    • Loch Ness (é possível fazer um passeio de barco à parte no Lago Ness)
    • Loch Laggan
    • Drumochter Pass
    • Forth Rail Bridge

No mapa abaixo, é possível ver o nosso trajeto de passeio, mas pela rota que passa por Stirling:

Dica importante: Para quem costuma sentir mal ao realizar viagens terrestres, é ideal tomar um medicamente que evite enjoos. Pois a viagem de ônibus é bem longa, em torno de 4 horas na ida e mais 4 horas na volta. Infelizmente, esquecemos de levar o remédio e não compramos quando chegamos lá, então o Fábio acabou se sentindo muito mal durante o trajeto de ida, o que consequentemente prejudicou nosso passeio de barco no Lago Ness. Pois quando chegamos lá, o objetivo maior era comprar um remédio para ele se recuperar e se preparar para o retorno a Edimburgo.

No caminho para o Lago Ness, paramos depois de um pouco mais de um hora e meia para fazermos um lanche reforçado em um restaurante já nas Highlands. A paisagem já era extasiante, apesar de ainda estar com um pouco de neblina.

Passeio bate-volta às Highlands e Lago Ness (Primeira parada para o lanche)

Abaixo, o micro-ônibus que fizemos o passeio, e um pouco das paisagens ao longo do trajeto (observe que no começo do dia, o tempo estava bem encoberto. Mas depois de um tempo, o céu estava completamente aberto e sem nuvens).

Um fato interessante é que você fica muito tempo dentro do ônibus e às vezes pode ficar um pouco entediado. Mas conhecer as Highlands é curtir o caminho. Por este motivo acredito que alugar um carro e curtir com mais calma seja o ideal. Mas para quem não tem tempo na Escócia, como foi o nosso caso, o melhor é fazer este passeio bate-volta, pois possibilita que o turista conheça um pouco das Highlands, além do Lago Ness, e até faça um passeio de barco pelo Lago, se quiser.

A paisagem dramática das Highlands, na Escócia
A paisagem dramática das Highlands, na Escócia

Um dos pontos altos da viagem foi quando paramos em Glencoe, ou Vale Encantando, como também é conhecido, que é considerado um dos lugares mais famosos, cênicos e históricos das Highlands. Pois em 1692, foi palco de um grande massacre, onde muitas pessoas morreram. Mas, apesar deste triste fato, atualmente, Glencoe foi considerado um dos vales mais românticos da Escócia, sem falar que é um excelente lugar para prática de atividades na montanha.

O lugar é de uma beleza tão incrível e indescritível que foi escolhido para ser cenário tanto do Filme Coração Valente, quanto para algumas cenas do terceiro filme de Harry Potter, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban. Quem se lembra de Hermione dando um soco no Malfoy? A paisagem de Glencoe aparece ao fundo da cena, que pode ser vista no vídeo abaixo:

 

Glencoe foi o segundo ponto de parada do nosso tour e tivemos a oportunidade de curtir um pouco desta paisagem estonteante, em um dia que o frio estava de até machucar as bochechas!!! Ou seja, trincando!

Glencoe, nas Highlands, foi palco de filmes como Coração Valente e Harry Potter
Glencoe e sua energia indescritível! Só vendo e sentindo para entender o que estamos falando!

Se tiver com mais tempo na Escócia, e deseja fazer mais passeios em Glencoe, clique AQUI.

Nosso tour continuou passando por paisagens dramáticas e marcantes das Highlands, onde tivemos a oportunidade de avistar belíssimos lagos, e até mesmo as vacas escocesas, com todo o seu charme esboçado em sua “franja” jogada sobre a cabeça.

Paisagens das Highlands, na Escócia
Paisagens das Highlands, na Escócia
As vacas escocesas nos pastos das Highlands
As vacas escocesas nos pastos das Highlands

O terceiro ponto de parada do nosso tour foi no Fort Augustus, já às margens do Lago Ness. Chegando lá, você pode dirigir-se imediatamente para o ponto de onde partem os passeios de barcos. Para tanto, é ideal que avise ao seu guia que pretende fazer o passeio.

O passeio de barco pelo Lago Ness não está incluído no Tour pelas Highlands e Lago Ness. Mas custa entre 14 e 16 Libras por pessoa, e dura cerca de uma hora.

Fort Augustus, à margem do Lago Ness, na Escócia
Fort Augustus, à margem do Lago Ness, na Escócia

Como comentamos acima, o Fábio não se sentiu bem durante o trajeto de Edimburgo até Fort Augustus. Então, logo que chegamos lá, fomos a um posto com uma loja de conveniência e farmácia, para comprar algum remédio, e esperamos um pouco até que ele melhorasse um pouco. E isso acabou fazendo com que a gente não tivesse tempo para fazer o passeio de barco. Mas vale muito a pena e nós ficamos muito chateados por não termos conseguido fazê-lo!

Então, como não fizemos o passeio de barco pelo Lago Ness, aproveitamos para caminhar até às margens e quem sabe encontrar ou fazer um belo registro de Nessie! Mas minha emoção foi tamanha, que logo que cheguei na beira do Lago e tirei meu celular para fazer um vídeo, ele saltou da minha mão como se tivesse vida própria indo cair no fundo do Lago Ness! Isso mesmo que leu! Meu celular caiu dentro do Lago Ness!

Apesar do banho inesperado que meu celular teve, foi com a mesma rapidez com que ele caiu, que eu consegui tirá-lo do Lago. Sequei como consegui, e até hoje ele ainda está vivo e em funcionamento! 🙂

Lago Ness, em Fort Augustus
Lago Ness, em Fort Augustus

Ficamos ali por um bom tempo, em torno de uns 40 minutos, curtindo e tirando muitas fotos do Lago. Abaixo, o barco que realiza o passeio pelo Lago Ness:

Passeio de Barco pelo Lago Ness, na Escócia

Para fazer o passeio de barco no Lago Ness, clique AQUI.

Logo que voltamos para nosso micro-ônibus, o guia forneceu um sanduíche natural (tinha alguns sabores disponíveis para escolha) e uma garrafa de água. E depois, continuamos nossa viagem para o terceiro ponto de parada.

The Commando Memorial é um um monumento dedicado aos homens da Forças de Comando Britânicas originais criadas durante a Segunda Guerra Mundial, e acabou se tornando um dos monumentos mais conhecidos do Reino Unido.

The Commando Memorial, Escócia
The Commando Memorial, Escócia
The Commando Memorial, Escócia
The Commando Memorial, Escócia

Por fim, tivemos mais uma parada para um lanche, antes de seguirmos para Edimburgo, aonde finalizou nosso tour.

Este tour vale muito a pena para quem não gosta de dirigir em mão-inglesa, e para quem estiver com pouco tempo como nós dois estávamos. Mas se você tiver com mais tempo, sugiro que conheçam melhor a região das Highlands, especialmente a de Glencoe, que possui muitas atividades de montanha, e em Inverness, que é um excelente ponto para explorar o Lago Ness.

——————————————————————————————————-

Tour pelas Highlands e pelo Lago Ness, na Escócia

 

Fabiane Teixeira

Brasileira, Mineira de Belo Horizonte, 35 anos, conhece 38 países, é Advogada e Professora de Direito Civil, e nas horas vagas Viajante e Blogueira. Junto com meu Fábio vamos conhecer e te apresentar o mundo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »
error: Content is protected !!